terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Eu Já Fui: Vítima de um Assassino Apaixonado!

Nesses últimos dias me peguei pensando eu prova de amor. E olha, a maior prova de amor que recebir foi Russell tentar me matar! Foi lindo! A coisa mais linda que alguém pode fazer pela outra é matar por amor! Já contei essa historia aqui? Não! Segue a historia.. ¬¬'

Flash Back de Como Russell Tentou Me Matar:
Era um domingo ensolarado de novembro. Tinha 3 dias sem ver o Russell, nosso namoro estava desgastado e lutávamos ainda para sobreviver, porque acima de tudo nós amávamos. Chamei alguns amigos para dar umas risadas em meu lar, morava sozinha e nos últimos tempos fazia festas regulares na minha casa, regada a muita vodca, música boa e drogas. Naquela tarde tinha uma uma amiga nova no grupo e como adolescentes retardados que somos resolvemos "brincar" de pegar uns aos outros..

Pausa Para Falar Mal Dos Adolescentes:
Fico abismada como adolescente inventa tamanha desculpas para fazer cagadas. Se quer beber, inventa brincadeiras como "0 a 100" ou "Bicho não bebi" (Joguei muito) quando na verdade, ficamos maduros, compramos nossas bebidas e bebemos, como pessoas normais. Ai inventa brincadeiras com "Roleta da perdição" e começa a ficar nu, pegar uns aos outros, enquanto adultos, chegamos na pessoa, vamos ao um motel, damos horrores e a vida continua..
Fim da pausa

Estávamos todos bêbados, peguei uma roleta daquele jogo "Jogo da vida", que todos conhecem, enumeramos de 1 a 10 com coisas do tipo: "Tire a parte de cima" "Mande alguém beijar fulano" essas coisas idiotas. Ai começou e só aconteceu 2 rodadas, algumas amigas só de sutiã, outras beijando alguns meninos e eu beijei uma das minha melhores amiga (Os meninos adoram ver garotas se beijando) e na 2° rodada tive que beijar um amigo. Fomos para o quarto e alguns amigos foram atrás por que sabiam que éramos tão amigos que não iríamos fazer nada, ai o beijei, o Russell chegou, viu o beijo, quebrou tudo dentro de casa, quase bate em todo mundo e o que eu me lembro mais daquela noite é a voz da Megh Stock (Luxúria) dizendo: "Mesmo que a nossa casa caia de repente, você vai continuar aqui intacto.." Chorei muito. Russel saiu enlouquecido, todos foram embora e eu fiquei ali, ouvindo Luxúria alto, com um copo de vodca na mão, na porta do meu condominio, como uma louca que tinha perdido o homem da vida. As coisas estão estranhas, mas não era para ser assim, não era para ver eu beijando alguém porque sou burra e retardada o suficiente para brincar de beijar alguém..Fora que Russell sem sombra de dúvidas foi o cara que mais MAIS me amou! No outro dia um vídeo da gente rolava na internet (Juro que conto essa historia outro dia..O dia que me tornei uma atriz porno! JURO), Russell se tornou um maníaco e eu uma vítima indefesa. Depois de 3 dias, ele estava me esperando na porta da minha casa, entramos, ele pegou uma faca, me ameaçou e eu comecei a ver alguém que eu tinha despertado no Russell, ficamos uma hora lá e ele só me ameaçando e sentindo prazer em minhas lágrimas e desespero, foi horrível, apesar de saber que se ele quisesse mesmo me matar já tinha o feito ¬¬ . Quando me lembro dessa historia, apesar de ri muito disso hoje, na época parecia um filme de terror que eu iria me ferrar, mas logo apareceu algumas de minha alunas, por sorte tinha marcado aula nessa tarde, e ai quando uma amiga apareceu para me chamar, ele disse: "Diga que não pode ir.." (Ele deve ter assistido muuito filme antes de fazer isso..) Ai, abrir a janela e minha amiga olhou com cara de espanto, por que tava toda suada, chorando, e ela perguntando o que aconteceu e eu dizendo "Nada" e fazendo mímica labial, tentando mostrar a ela que estava em perigo..Foi um desastre, mas ela se tocou, e chamou alguns amigos, falou que chamaria a policia e tal, ai Russell foi embora.. Mas nossa historia não acabou por ai..
Fim do Flash Back

Vocês devem tá se perguntando, por que ela deixou ele entrar, cadê o telefone..Deixei ele entrar por que achei que conversariasmo civilizadamente, tentei usar o telefone, mas ele percebeu  tomou e desligou. Russell estava a um passo da minha frente e até hoje brincam sobre essas historia..Mas com certeza, foi a maior prova de amor que já tive..FATO#

19 comentários :

Única e Exclusiva disse...

Desculpa, não consigo ver como prova de amor, eu respeito, muitão, juro. Mas, não vejo assim!

Que dramão vc passou.
bjs =*

Carla Nunes disse...

Mega tenso colega!!

:*

Francisco Junior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco Junior disse...

Caraca, você escancara sem receio rs
viajei!

Se a princípio, um princípio que vem de muitos anos atrás, não conhecesse ambos - tú e o Russel - diria se tratar de mais um caso da Síndrome de Estocolmo. ^^


*comentário postado ao som de
Chicana (Lulu Santos)*

ariiadne veloso; disse...

menina , to completamente abis , ler seu blog pareçe um livro , HSKAHSAOSH , eu gosto muito daqui , e já brinquei de bicho não bebi , adolescente né KKKKKKKKKKKKK.
e quero sim saber da outra história , beijos :*

- disse...

diz se não dá um filme, HAUSHAh
Mas uma coisa é válida.. como mesmo disse.. depois que passou o jeito é rir, né?

Conta a história do vídeo também *-*

beeijos !

Luna Sanchez disse...

Minha adolescência até que foi apagadinha em comparação à tua, sabe?

Beijos!

ℓυηα

Andressa Keka disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
minha nooooossa!
e tu ainda acha que isso é prova de amor?
D:
pra mim é prova de loucura
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

paula disse...

#medo
eu prefiro viver sem provas de amor...
já tive uma briga feia. mas nada assim. e espero que nem eu tenha uma assim e nem vc tenha outra assim...

mas que eu fiquei curiosa com a historia do vídeo.. ah! fiquei mesmo!

=)
beijo

Natalie Suarez disse...

:O:O
aconteceu MESMO?
fiquei abis viu? ahahhaa
cuidado com essas provas de amor... cuidado. ._.
dhsauohduosahudohas

então Lara, eu mudei de blog porque quis ter um pouco de foco, focar em algum tema... mas não vou falar de uma coisa só lá.
de vez em quando darei umas "fugidinhas" e falarei de mim e talz... O outro eu não vou apagar, vou deixar lá, não sei quando vou atualizar novamente, mas se eu atualizar, irá aparecer :)

bjao!!!

Michele disse...

Eu também teria medo de um amor como esse...

Beijo, gatona!

Keila disse...

Confissões de adolescente! bjs.amo sua sinceridade.

Elih disse...

Sinceramente me assusta um pouco qualquer tipo de declaração de amor com desvios homicidas, mas diante dessas maluquices adolescentes, acaba sendo totalmente válido.
Adorei muito essa história Lara, essa contarei para os meus filhos. kkkk

mim beijos

db disse...

não consigo compreender os teus textos.

Look by me disse...

Ai um amor assim, não sei se conseguia , acho que não durava nada. Obrigada pelo teu carinho e sempre que quiseres podes roubar as fotos das pin up.

★★ GIZA ★★ disse...

amiga
cuidado com essas coisas eim, isso não è amor
sinistro
beijos

Gisa disse...

Amiga... Que prova de amor mais tensa...oO
digo e repito, você deveria escrever um livro...^^
Tanta gente com tanto blog NO SENSE já conseguiu, porque você, LARA MELLO com um enredo FANTÁSTICO não conseguiria? Hehehhe!

Ps: Filme pornô? Ahhhhhh queremos saber... (Embora a minha voz interior me diga que tem algo á ver com alguma filmagenzinha feita na hora do "vamo ver" que foi colocada na internet...^^)

Adoro vc, pessoa mais que iluminada!
Beijos!

Atitude: substantivo feminino. disse...

Cruzeees..isso não é amor!!!
Lógico que não!!!
Isso é caso para denúnciaaaaa..
Sou contra.

.Intense. disse...

Não lembro de ter visto essa história antes, então vim reler. Sério?

Espero que ninguém me faça certas provas de amor. Tem gente que morre provando essas coisas.

=x

Take care.
=*

Google Analytics Alternative