sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A fé é o que nos move

E o tempo vai passando. E não são mais 4 meses, agora são 3 e ainda dá tempo para 2011 me surpreender. Parece meio escroto da minha parte já que esse é um dos melhores anos da minha vida, mas quando penso nos meus 24 anos, me pergunto o que fiz até aqui, e só sinto o costo de fracasso na boca. Me apeguei aos meus anos de dança, aonde eles me levaram, a cada aluno que passou na minha sala, fiz grande coisas por eles. Me apeguei em todos os meus estágios, o quanto na época eu tinha meu dinheiro e não precisava de ninguém. Mas e ai? Foi só isso? Enquanto minha vida pessoal parece mais uma propaganda de refrigerante, abrindo em todo momento minha felicidade, minha vida profissional parece mais um filme de terror, trash, dá pior qualidade, aonde por mais que eu corra, o vilão - Mesmo andando em câmera lenta - vai esta o tempo todo no meu encalço. E fico completamente revoltada quando eu começo a sentir o gosto da vitória e simplesmente ele some, passa tão rapidamente, que me pergunto se a vida tem o prazer de curti com minha cara, se eu mereço passar por essas coisas, porque de verdade: Eu não quero passar! Eu sei, no meu manual também veio dizendo que a vida não seria fácil, mas o tempo todo é uma coisa meio nova. Eu sei que vou começar tudo de novo, não dá para desisti, mesmo que eu queira, já estou no mar, encontro algumas ilhas, mas a correnteza me leva para terra firme, um novo mundo, o ao menos é isso que eu imagino, parei de culpar o mundo, Deus, recententemente falei aqui: Deus deve estar guardando alguma coisa realmente boa para mim, alguma coisa legal, esse meu último emprego não seria legal, não, para ele ser eu teria que acessar as minhas redes sociais, Deus sabe o que faz, a empresa não ligou porque Deus não quis, e não vai ligar mais, quando fiz todos os procedimentos para entrar, todos me disseram que chamaria mais rápido possível, pois dia 01/10 já queria todos trabalhando, hoje é o último dia do mês, e não há como ter esperança. Entrei na linha do conformismo, não vou desisti, mas se não rolar é porque Deus não quis.
E é assim que setembro vai embora. Querendo ou não, me sinto mais madura, mas tranquila. Foi um mês bom para mim, mesmo o gosto de vitória ter sido rápido, a carta de agradecimento ainda é válida. O ano, ainda assim, esta sendo muito bom, e ainda espero - E acredito - que 2011 vai me surpreender, apenas em 3 meses, vamos apostar? 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Como é que vive? Desculpa, sou dessas..

Estou doente de novo. E eu não consigo entende e já começo a ficar preocupada, eu sou muito resistente, já fiquei 5 anos de minha vida sem ter nada, e agora 2 vezes mal em 2 meses, porque? Não sou sensível, aquelas pessoas que é só mudar o tempo que ficam cheia de mimimi, sou super forte. E estou aqui, novamente, mal, acabada, garganta inflamada, gripe, febre, dor no corpo inteiro, não estou feliz, estou escrevendo que nem retardada, lentão, meus olhos estão destruídos, e o pior de hoje não foi nem isso, foi o gato do meu Pai que não vejo a um ano me ligar, dizendo que me PERDOA e que era para eu PERDOAR ele ¬¬ Eu devo ter sido muito sacana nas minhas vidas passadas para merecer essa situações que eu passo, gente: ELE DEPOIS QUE SE SEPAROU DE MINHA MÃE TEVE MAIS 3 CASAMENTOS, 4 FILHOS, SÓ FALA COM AS 2 CACULAS, UMA PORQUE É CRIADA COM ELE E A OUTRA PORQUE AINDA NÃO SABE A VERDADE, ELE VIVE AQUI E NÃO ME PROCURA, NÃO FALA COMIGO, TODAS AS VEZES QUE PRECISEI DE UMA MÃO DELE ELE ME NEGOU, NUNCA PODE, MEU FALECIDO GATO GARFIELD PASSOU MAS TEMPO COMIGO DO QUE ELE, E MEU GATO VIVEU POR 3 ANOS!!!!! Odeio pessoas que se fazem de vítima, deixei de ver minha linda avó, que me criou, que eu amo, para não ver a cara dele, esperaria ele ir embora, ai minha mãe - Que sabia que eu não queria falar com ele - dá meu número para ele, ele me liga dizendo para eu perdoa-lo, gente, não tenho tato, não sei lidar com uma pessoa dessa, e não é porque eu sou miserável não, é que ele falaria comigo hoje e depois só daqui a 1 ano e olhe lá, não mudaria nada, não sou hipócrita, tenho rementimentos sim, porque ele destruiu a imagem que eu tinha dele, perdi toda admiração, quando vi que era ele no telefone me empilhei logo, ele veio com esse papo de que me perdoa e que eu tenho que perdoa-lo, argumentei que não tinha nada o que perdoar, que agente nem se via, para ele ficar tranquilo e  viver a vida dele, ele disse que quando ele morresse eu estaria no caixão dele pedindo perdão, eu: "Espero, sinceramente, que Deus trabalhe no coração dos seus 6 filhos, para que todos queiram estar no seu enterro, no momento acho difícil.." Desliguei com vontade de jogar o celular na privada, mas ele não merecia tanto, eu não tô deixando de falar as coisas na cara de quem tá me dando tudo - No caso Zé, que sou total dependente dele - imagine ele, que minha mãe que foi pai também, sempre que vou expor minha opinião, não mudo, porque com quem não tá nem ai comigo, vou me importar? Só fico chateada que eu ainda tenho que lidar com essas coisas,  eu sou a culpada, eu que saiu feia na foto que não perdoa o pai.. Desculpa Brasil, mas não concordo que por que é pai e mãe temos que amar incondicionalmente, mesmo eles quebrando com a gente, desculpa, sou dessas..
Ps: Tô mal, de cama, não sei que dia volto, entrei rápido e já tô com dor de cabeça, fica bem gente :)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Cartas Para Alguém: Blue Valentine

"Ainda doí, não sei como, nem porque, mas ainda doí muito. É como se todo o meu corpo doesse, como se eu perdesse um órgão e sangrasse até a morte, sem exagero. É chorar sem não ter mais lágrimas, é o tempo todo sentir o vazio, é sonhar todos os dias e acorda e ver que não estar. É gritar, conversar com as paredes, tentar conserta, adiantar e voltar no tempo. É vegetar, morrer cada dia um pouquinho. Pensar o tempo todo, sentir o cheiro, o peso do corpo, o sorriso, o som da sua voz, os trejeitos, é se sentir fraca. Como se eu tivesse morta, vivendo em função de algo, a única coisa que me faz viver ainda. É não dormir mais, não sentir fome, é tentar entender, o mais difícil, entender.. Existe milhares de pessoas que sentem a mesma coisa, você sente? Doí também? Você tem os mesmo sintomas? Ou anda livremente por ai, com sua calça jeans e camiseta branca. Você poderia ser um 'Dean', os homens deveriam ser como Dean, amar nos mulheres para sempre, esta disponível para nos como estamos para vocês, que o tempo passe e o amor igual, você me ama igual? Eu não te amo igual, eu te amei antes de uma forma e agora te amo de outra, melhor, leve, sabendo meu limite, me respeitando, me amando.. O mais importante, é que talvez possa estar engana, mas sinto que nossas almas andam juntas por ai, rindo, pelos bosques, de mão dadas, namorados para sempre.." 

Ps: Texto inspirado no filme 'Blue Valentine' um dos filmes de desamor mais lindo que já vi, ainda com lágrimas nos olhos..

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Desaniversáriando

Meu aniversário duro 3 dias e foi perfeito. O que me dá um pouco de medo, já que meu último aniversário que durou 3 dias, foi perfeito, em um ano perfeito, foi em 2004, meus 17 anos, 2004 é o melhor 2° ano da minha vida, o 1° é 2011 e ele nem terminou ainda e já é o melhor. Me dá medo, porque depois de 2004 que começou as desgraças dá minha vida, 2005 foi um dos piores anos dá minha vida, passei por muitas - Até fome - e não fui nada feliz.. Então, espero, sinceramente, que o próximo ano não seja um remake de 2005 e que as coisas continuem nos trilhos, se durou 7 anos para vim um ano perfeito na minha vida, significa? 
Voltando ao foco dessa postagem, acordei no sábado já decepcionada por descobrir que meu carregador e minhas pilhas não prestam mais, fiquei putissíma e olhem que Zé sugeriu comprar um par de pilhar recarregáveis junto com a maquina e eu dizendo que não precisava, porque tinha 4 pilha e um carregador, que comprei tem uns 6 anos junto com meu lindo mp3 que ganhei do meu falecido amor Russell, 6 anos, não sabia que essas coisas tinham validade, sei que não que funcionar de jeito nenhum, fiquei super desanimada, porque queria tirar mil fotos e curti minha maquina, mas né.. ¬¬ 
Corri para meu ritual de aniversário, de manhã cedo estava no salão, queria corta meu cabelo todo, tirar o resto dos loiros das pontas, deixar curtinho.. Ai fico putissíma novamente: Minha cabeleireira não deixou! Disse que só tiraria as pontas, que é para eu abaixar o fogo e deixar o cabelo crescer, que não iria cortar nada, eu nem discuti, possivelmente eu iria me arrepender mesmo, ganhei minha hidratação de aniversário, fiz minhas unhas e voltei para casa. Arrumei minha casa toda, quando aparece a Menina da Janela dizendo que não admitia que eu passasse meu aniversário em casa, mas eu estava desanimada, revoltada com minha maquina, não queria sair. Ela me obrigou a ir no cinema, quando chegamos queria desde sempre assisti "O Homem do Futuro" mas achamos o horário das 16:00 tarde e pegamos "Sem Saída" porque ela queria ver o corpo de Taylor Lautner e era uma hora mais cedo que relevei, comi meu Subway e fui ver uma amiga que é gerente de uma dessas lojas de fast foods, ficamos conversando, ela me deu um lanche de presente e acabamos perdendo a hora do filme, o que não foi tão ruim já que eu conseguir assisti "O Homem do Futuro" que é perfeito, Wagner Moura se superou, para mim uma das melhores atuações dele, e as pessoas que falaram que o filme parece "Efeito Borboleta" é mentira, não achei, o filme é muito mais leve e a historia é diferente sim, eu banana, chorei no cinema, com ele e Alinne Morais, amei mesmo o filme. Na volta para casa, Zé estava voltando do trabalho e me pegou no shopping, estava todo triste que trabalhou, ele estava no campeonato baiano de vôlei, e como ele vive falando de mim, quando Larissa - é a do vôlei mesmo - estava conversando com ele, ele comentou que era meu aniversário, ela mandou um top dela da seleção brasileira de presente para mim, fiquei toda boba *.* 
Fomos para casa de mamãe que fez uma surpresa para mim, que só não foi melhor, porque compre umas pilhas para tirarmos fotos e só deu para tirar 2, a maquina só funciona com recarregável mesmo :( 
No fim da noite, um amigo fez um churrasco e me diverti horrores com os meus velhos e novos amigos, cheguei em casa tontinha do álcool e fui dormir abraçadinha com Zé.. 
No domingo, já sabia que iria rolar a feijoada dos amigos, evento que alguns amigos meus fizeram, fiquei mil anos para decidir se iria ou não, mas recebi tantas ligações e tantas pessoas me procuraram para que eu fosse, que resolvi ir, ensaiei com a câmera de novo, mas só rolou mais 2 fotos ¬¬ 
Quando cheguei no evento, percebi que estava mais com cara de micareta, e tinha vários desconhecidos, até entender que o feijão dos amigos, era dos amigos AMIGOS mesmo, se eu tivesse um amigo levava e tava feliz, achei que seria uma coisinhas entre os amigos AMIGOS mesmo, mas né, me joguei.. 1° Colei em Seya e depois perdi meu posto por uma menina qualquer que ele estava interessado. Colei com Bibian e depois de tanto eu reclamar, ela virou para minha cara e disse: "A opção é beber, encha cara e se diverti.." Eu bebi né, e quando vi as meninas dançando pagode e quebrando até o chão, me bati com Papi e já fiquei com ele, eu só fiz ri, né?! Vocês sabem, quando esta eu e Papi junto, só conseguimos ri, porque ele disse que nos nem tínhamos o direito de falar mal do ambiente, porque estávamos lá, e se estávamos lá, não podíamos falar nada.. Eu louca dá vida para Zé chegar do trabalho, e ele me avisa que só a noite, não tinha outra alternativa, bebi, né?! E quando já foi 19:00, que vi Odete, Bibian, Sr.Cabeça e Papi dançando o mundo de pagode, olhei para dentro de mim e me perguntei se jogaria minha dignidade no lixo, envergonharia todos os meus anos de roqueira e dançaria até o chão também.. Mas fui para casa assisti Radiohead, Slipknot e Metalica no Rock in Rio, jamais perderia minha dignidade, dançando pagode, só para me divertir, NÃO!!!! É contra os meus princípios, fui para casa assisti rock in roll de verdade, tomei banho, e dormir, beba, sentada na cadeira esperando Radiohead.. - Cadê dignidade? - 
Como meu maridinho trabalhou no fim de semana, combinamos que na segunda curtiríamos juntos, saímos, fizemos o mercado de casa e depois fomos na Ribeira - Bairro tradicional onde vende o melhor sorvete do mundo! - comemos uma pizza e depois tomamos um sorvete, passeamos e fomos para casa, aonde continuamos a festa, em particular.. :)

Ps¹: No domingo, minha avó paterna que sinto todo o amor desse mundo, fez uma feijoada para a família, não fui porque não queria ver a cara do meu pai, não sei lidar com essa pessoa..
Ps²: Obrigada por todos os comentários, e-mails e twitters que vocês me mandaram, é muito amor por vocês!!
Ps³: Por hora, nada de fotos :( Que porra! Quando não é uma coisa e outra.. ¬¬

sábado, 24 de setembro de 2011

#FATO

"A prova de que estou recuperando a saúde mental, é que estou cada minuto mais permissiva: eu me permito mais liberdade e mais experiências. E aceito o acaso. Anseio pelo que ainda não experimentei. Maior espaço psíquico. Estou felizmente mais doida." 
[Clarice Lispector]

Eu Tô Aniversariando \o/

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Texto Conturbado Sobre o que 'Alá' quer para mim..

Eu já surtei. Já chorei litros, já sentir o peso do fracasso, já entrei em crise existencial "Quem eu fui nesses 24 anos?" Desgosto defini esse momento. O melhor de tudo é o amadurecimento, e o costume. Já me acostumei com algumas coisas e fases que passam, eu já sabia que iria surta, eu já sabia que iria chorar o mundo e já me acostumei tanto com isso, que paro, olho para os lados e repito para mim mesma que amanhã, junto com o sol de um novo dia, eu vou estar bem. Amanheceu, o sol saiu lindo e eu continuo na mesma. Parece psicologia barata, mas deixei de lutar por algumas coisas e aceito que Deus quis assim, entrei nessa porque se tudo que eu quisesse ter feito com a minha vida, eu tivesse feito, minha vida estaria uma merda. E nas épocas que eu queria ter feito essas coisas, perguntava a Deus porque não acontecia, e ele só me deu a resposta agora: Minha vida estar melhor do que se eu tivesse feito algo para ela ser melhor. São os mistérios de Deus, e hoje agradeço tanto a Deus por ele, ou qualquer coisa que seja, não ter me dado oportunidade de ter feito qualquer coisa da minha vida, porque ele sabia que tudo viraria uma cagada e que como minha vida está, esta melhor para mim. Eu sei, confundir a cabeça de vocês, mas são os pensamentos soltos de uma pessoa que estar tentando não reclamar tanto da vida, como mais um remake de 'O Clone' com tio Ali dizendo que tudo que acontece é por que 'Alá' quer, então entrei no conformismo, se não aconteceu nada na minha vida durante meus 24 anos, é porque Alá quer, se a empresa não ligou, é porque Alá quer, se passo por coisas boas e ruins o tempo todo, é porque Alá quer.. Não vou admitir que digam que eu não lutei, eu lutei, MUITO, mas não adianta lutar, quando Alá não quer, quando não é para acontecer. E devo confessar que odeio esse falso livre arbítrio, essa coisa de que você pode tomar rédias da sua vida, olha, tô tentando, e as coisas mais emociante que tenho conseguido e passar da 1° fase de Boberman, chorar litros com o 1° episódio de Glee e ter esperança que meu aniversário (Amanhã) seja ao menos diferente de todos os anos, que seja ao menos divertido, mas se não for, foi porque Alá quis.. 

Ps: Ando de uma tristeza profunda, que é o que tem para hoje, me desejem sorte..

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Meus Seriados.. (Parte 1)

Eu tenho vários anônimos lindos, tenho os feios também, mas esses não tem nenhuma credibilidade por aqui, já os lindos *.* ganham até post especialmente para eles. E esse meu post é dedicado ao anônimo lindo que me pediu - a 375 anos atrás - para que eu falasse sobre as minhas séries e indicações, demorou mais saiu, é para você:
Eu desde os primórdios assisto seriados, é uma coisa de família, na minha todo mundo curte. Tentando me lembra qual teria sido meu 1° seriado e sem dúvidas nenhuma que foi Barrados no Baile - O velho, claro, porque hoje existe várias versões - assistia com minha irmã mais velha, me lembro da maioria dos episódios. Depois Dawson's Creek, Sabrina, Aprendiz de feiticeira, que eu fui completamente apaixonada e não entendo como não passa até hoje, um dos seriados da minha infância. Veio depois junto com a minha adolescência: O.C Um estranho no paraíso, ensaie assistir Gossip Girl, mas não me convenceu, depois Smallville, que na 5° temporada deixei de assisti, porque né, 10 anos de seriado não sei lidar, minha mãe e minha irmã mais velha que ama seriados acompanhou todos esses, Smallville até hoje elas assistem e ainda vem me contar as coisas, por isso digo que é uma coisa de família. Logo depois, fiquei uns 2 anos sem acompanha nada, trabalhava, dava aula de dança, tinha um namorado - Russell - que também era louco por séries e estava assistindo Lost, ensaie também, mas desisti graças ao bom Deus, porque todos que assistiram ficaram revoltado com o final, que bom que não perdi meu tempo. Heroes também não me convenceu, para mim do jeito que o povo falava, era para ser um seriado que levaria anos também, na 4° temporada já não tinha o mesmo ibope, amém que eu não assisti \o/ 
Minha vida de seriados voltou depois do meu 1° ano de casamento, na minha tristeza profundo de tudo que andava acontecendo, sem amigos, precisava me agarra a alguma coisa, e foi o próprio Russell que me indicou no msn um site de seriados, me joguei de cabeça e hoje acompanho 375 seriados, mentira, não são tantos assim: - Para saber a sinopse dos seriados, click no nome do próprio que tem o link para a página que fala melhor, aqui só são minhas opiniões -
True Blood: 
O primeiros de todos foi True Blood, vi muitas criticas positivas - Um bando de maluco - sobre a série. Eu tenho um caso de amor e ódio com True Blood, a maioria das vezes eu odeio, na outra maioria eu amo, tem que ter muito sangue no olho e nada para fazer para assisti, se você é como eu que começa uma coisa e só termina quando acabar, não assista True Blood, você vai se estressar muito e vai continuar assistindo, porque você acompanha e tal, tá preparado para muita informação? Para seres de todos os tipos que supostamente não existe? Para ver um remake do Cine Priver, já que tem várias cenas de sexo que só aparece peito? - Acho desnecessário, mas né, o povo gosta, e o bom mesmo são os corpos dos meninos, tudo lindoo - Se tiver preparado para tudo isso e um pouco mais se joga. Ouvir dizer que serão 8 temporadas, peço a Deus saúde e paciência para as próximas 4, as 4 primeiras foi uma montanha russa, cheia de altos e baixos: 1° Temporada alta, 2° temporada baixa - para mim a pior que teve, se vocês não assistirem não perdem nada, até perdem mais muito pouco - 3° Temporada alta - Gostei muito - 4° Temporada eu ainda estou digerindo, terminou a umas 2 semanas atrás e achei muito cagada, já disse tudo que achei aqui e não vou ficar repetitiva. True Blood é uma série que se deve realmente pensar 375 vezes em assisti, se for é um caminho que não tem mais volta.. 

*Site que eu baixo: BaixarTv/TrueBlood 

Glee: 
Sério? Eu preciso falar sobre Glee? Falarei, mas essa foto defini o que eu sinto quando assisto Glee: 
Glee é o seriado da minha vida, me vejo em cada personagem ali, choro que nem louca em todos os capítulos. Quando vi a historia de Will, o professor que não teve sucesso como artista e tenta obter esse sucesso através dos seus alunos, me vi, chorei que nem louca os primeiros capítulos, principalmente e um dos motivos reais para assistir Glee é que é um musical, não como vermos por ai, que a pessoa para do nada em um lugar e começa a cantar, não, para quem não sabe o 'Glee' é o grupo do coral, e cada capítulo equivale a uma semana de escola, em que eles ensaiam sobre algum tema, amo todas as versões de Glee, e neste momento vou confessar uma coisa que ninguém sabe: Eu baixo todas as versões de Glee que eu amo e com isso já tenho 6 cd's :D Eu ouço muito, minha filha já conhece todas e eu sinceramente amo AMO esse seriado. Ouvir dizer que serão 6 temporadas e que a 3° - Que estreio ontem e ainda não assisti por falta de tempo - para os 3 personagens principais - Rachel, Finn e Kurt - será a última, por isso que existe o Glee Project, para achar novos atores/cantores para entrar no lugar deles. As 2 primeiras temporadas perfeitas! A 3° também será, e eu indico totalmente Glee, muitas e muitas vezes. Vejo as pessoas falando e nem ao menos se esforçam para verem alguns capítulos, eu só falo do que eu sei, não julgo o desconhecido - Lindo isso, né? - e total indico Glee - Fora que quem ama música vai amar, porque são todos os tipos de estilo, ritmo e música -  

*Site que eu baixo: BaixarTv/Glee 

The Vampires Diaries: 
Esse é o seriado que me encher de orgulho, perfeito! Historias bem elaboradas, com diálogos querentes, com um elenco muito bom, atores que se esforça muito para passar que é real e conseguem, dou muitas risadas quando as pessoas comparam The Vampires Diaries com Crepúsculo, acreditem: 1° temporada de TVD vale mais do que os 4 livros de Crepúsculo junto, na verdade alguns episódios já vale, ao menos em TVD nos vermos uma batalha, brigas reais entre vampiros e lobisomens, o que não podemos encontrar em Crepúsculo, sorry, a e por favor, não venham me criticar, eu falo de Crepúsculo de cadeira, li tudo, eu posso falar, não é como a metade das pessoas que nem leram, nem assistiram os seriados para julgar, ok?! Voltando, TDV é mais uma historia de vampiros, com bruxas, mas diferente de True Blood tem querencias. Elena é uma das personagens mais forte que eu já vi. Não sei quantas temporadas irá ter, sei que esta na 3°, que eu já enchi o saco aqui porque o 1° episódio foi perfeito, a 1° e a 2° foram ótimas, outra que eu choro que nem banana, acho o amor de Elena e Stefan lindo, o povo torce para ela ficar com Damon, mas ela só sente atração por ele, e ama Stefan de verdade, torço por eles. Indico totalmente esse também, e estou super feliz porque até março vou ter TVD e Glee toda a semana para me enlouquecer :) 
Tem como não sentir atração?
*Site que eu baixo: BaixarTv/TheVampiresDiaries

Continua..

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Finjo que entendo de música: O Rock não é mais como era antigamente..

Ando tão desanimada com as músicas ultimamente. Parece que tudo ficou fora do lugar, a moda é misturar. Sinceramente? Não curto. Eu sei, sou chata, não tenho conseguido admirar as novas bandas, principalmente de rock. Gente, na minha época rock era outra coisa, falava de amor, mas não se resumia a isso, era mais que isso. No meu tempo roupa colorida quem usava mais era banda pop, o rock era o pretão mesmo, diferenciado, o rock era para os excluídos, por aqueles que lutavam de verdade por algo, para os que não aceitavam os padrões da sociedade, o que é o rock hoje? Não sei. As bandas de hoje são tão, tão, chatas, falando de amor meloso o tempo todo, usando roupas coloridas como se fossem diferentes, o que na verdade sabemos que é só pegar uma foto de quem viveu os anos 80, que vai parecer um remake, minha irmã usava roupa colorida, mas minha irmã não gostava de rock como meu irmão, e nas fotos do meu irmão, ele sempre SEMPRE tava de preto. Desculpa o julgamento, mas as bandas de rock perderam a essência, "o mundo não é mais como era antigamente", mas essência é uma coisa que fica, desde os primórdios e não deveriam ser descartada assim, existiram pessoas que lutaram para o rock ter o nome e o peso que tem, e vem um bando de guri, que não sabe nem qual foi a importância d'Os Beatles e de Elvis Presley no rock in roll e destroem tudo. Fora que todas as novas bandas de rock agora começar com gritinhos como se fossem axé, é um tal de ie-iee para cá, ééé para lá, só vejo isso em axé, desconheço esses gritinhos loucos, desconheço essas roupas, desconheço essa nova categoria.. Isso! É exatamente isso que essas bandas são, uma nova categoria! Agora só falta eles saberem disso, escolher um nome e deixar em paz o rock, já o que eles fazem não tem nada haver com rock in roll..

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Dividindo minha felicidade com dança! \o/

Eu não consigo descrever tamanha felicidade neste momento!!!! Vamos dançar? Porque só dançando para colocar para fora toda a felicidade que eu estou sentindo. Neste momento quero dividir com todos vocês: Levantem, em qualquer lugar que vocês esteja lendo, eu sei que é difícil, eu sei que vocês vão achar bobagem, mas dancem comigo, plis? Eu vou sentir daqui, cada pessoa que deu o play no vídeo abaixo e dançou, se permitam, até os que estão triste, eu estou neste momento dividindo minha felicidade, em todos os ritmos, só vai durar 1 minuto e 40 segundos, vamos participar?
Eu já estava feliz, muito feliz, uma alegria simplesmente por existi, o que é muito raro no meu caso. E para completar a alegria acaba de chegar o presente de aniversário do meu marido: UMA MAQUINA FOTOGRÁFICA!!!!! Nem a ligação da empresa para me dizer que dia vou começar a trabalhar - O que não aconteceu até hoje - vai me deixar tão radiante como eu estou neste momento, enquanto o povo deseja casa, carro, viagens, eu pobre só desejava uma maquina e meu maridinho me deu de presente. Vocês já sabem que quem só ganha é esse blog lindo que vai ficar mais lindo ainda com fotos novas e atualizadas, vou tirar foto até dá folha que cai, dá chuva, do sol, da terra, do óculos na estante, porque eu sou boba e neste momento me sinto uma pessoa mais feliz nesse pobre mundo! Ai, ai, ai Felicidade defini esse momento mágico na minha vida, e aproveitem, a última vez que me sentir assim.. Não, nunca me sentir assim, então quando acabar, só vai acontecer daqui a 24 anos, quando eu tiver 58 anos, é gente, vamos aproveitar!! \o/

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

#FATO

Quem Nunca..
video
.. Ligou para quem ama e ficou calado?

Ps: Cena do 1° episódio da 3° temporada de The Vampires Diaries, chorei tanto nesse episódio que já estou pedindo a Deus para me preparar para os próximo 6 meses.. Muito amor ♥♥♥

EXTREMA Felicidade :D

Daqui a 5 dias é meu aniversário. E eu não surtei, não quis morrer, não tive crise de identidade, não entrei em desespero por fazer 24 anos.. O que me parece ser muito bom para minha saúde mental. Setembro veio com tudo mesmo, esta sendo doce, e mesmo desejando que fosse, não acreditava nisso, a um mês atrás achei que não sobreviveria, que nem eu mesma me aguentaria e olha, tudo lindo! Na verdade, eu ainda não conseguir descrever nesse blog a minha felicidade, felicidade completa, acho que nunca me sentir assim: Eu tenho uma família maravilhosa, tenho uma amor completo, que me ama de verdade, e que estamos construindo nossas vidas juntos - Mas uma vez - um dia de cada vez, tenho uma filha de 2 anos que só me trás alegrias, mentira, me trás estresse também, já que criar um filho não é fácil, mas o sorriso dela compensa tudo, tenho um lar, comida na mesa e merenda extra, estou a espera de um emprego, que não é perfeito, mas vou me esforçar muito para ser, e mesmo que ESSE não chegue, a experiencia já vale, eu tenho saúde, e os meus também. Eu só tenho que agradecer a Deus, toda essa maravilha. Claro, enquanto estou na minha felicidade extrema, não sai da minha cabeça o texto dá Natalia Klein, que fala que o bom mesmo é viver no Status Quo, já que quando se esta feliz assim, alguém esta muito triste, e que isso é uma retórica, eu estou muito feliz agora, vou ficar muito triste depois.. Não! Não quero que isso aconteça, quero ficar feliz que nem propaganda de refrigerante, abrindo a minha felicidade, mas né, isso não vai acontecer, porque já que eu vou trabalhar e não ter mais tempo para nada, mês que vem, tô aqui reclamando e falando mal do meu trabalho.. mas enquanto isso não acontece, deixa eu viver e curti muito minha EXTREMA felicidade! - Tenho direitos, oras bolas - \o/
Google Analytics Alternative