segunda-feira, 9 de abril de 2012

A historia lendária do meu fim de semana

Neste último fim de semana, utilizei um dos meus frascos da felicidade. Mas depois de usa-los, já imaginava que o terror aconteceria.
Depois de descobrir que Penélope tem rinite, ela foi passar os dias com a vó paterna. Ela estava bem, era uma coisa que já tínhamos planejado, e tramalhamos todos os dias, sem feriado para eu e Zé. Na quinta mesmo ela foi, eu trabalhei, fui as comprar, comprei 375 ovos, participei do amigo de páscoa da empresa, não conseguir chegar no salão a tempo de fazer a unha, cortei o cabelo e só =/
Na sexta, houve a troca de ovos com as colegas de trabalho #muitoamor e depois fomos para casa de uma delas. Tínhamos combinado um churrasco na sexta, eu e mais 2 amigas e nossos digníssimos esposos. Foi super divertido, comi e dancei loucamente, diga-se de passagem que dancei pagode, o que é um tapa na cara das pessoas que xingaram horrores, quando eu disse outro dia que fui para uma festa e não dancei pagode, não porque eu odiava o estilo - Não gosto, mas no embalo me jogo - mas sim pelo ambiente, mas ninguém nunca me entende mesmo nessa bagaça ¬¬
Sei que Zé ficou alcoolizado, tive que cuidar, colocar na cama, e um detalhe muito MUITO importante: ELE SE ESQUECEU DE TUDO QUE CONVERSAMOS DEPOIS DAS 18:00 HORAS Oo
Finalmente chega o sábado, eu peguei ás 6 no trabalho, estava super cansada, com um pouco de ressaca do dia anterior, mas fui cumprir minha obrigação de trabalho. Sair ás 12, fui no shopping, dei umas voltas na livraria Saraiva, comprei 2 livros: 'Feios' e 'Perfeitos'. Um amigo me falou desses livros, comprei e depois conto para vocês se é bom - Se alguém já leu ai, me diz também, tá?! - Comi meu sanduíche preferido, Subway Tomei um sorvete, fiquei meia hora na frente do cinema pensando se assistiria um filme o não, desisti, fui para casa e quando chego, Zé abre a porta, me pega pelo braço e começa a gritar com as cartas de 'Mister M' na mão.. 

PAUSA PARA A HISTORIA DE 'MISTER M' 

Gente, vocês lembram de 'Mister M'? Mister M, meu amigo do trabalho que fez a cena de ciúmes, que no final do texto, que escrevi aqui sobre ele, eu disse que vocês ainda ouviria falar dele, e devido a isso a única coisa que as pessoas acharam era que eu estava tendo um caso com ele, como se tudo que passei com Zé e a conquista do meu casamento não fosse nada, e que eu jogaria meu casamento pela janela por causa de um caso - Tudo bem, pode até acontecer algum dia #amarrado3x deu jogar meu casamento pela janela, mas acreditem, NÃO COM MISTER M - Bem, eu disse que você ainda ouviram falar dele, porque ele estuda cinema. Nos aproximamos por causa disso, porque gostamos de escrever, um dia almoçando, ele me convidou para escrever um livro com ele, ele já tinha a ideia da historia, era sobre a ex mulher dele, a historia seria sobre seu antigo relacionamento, a mulher dele era uma louca e ele queria escrever sobre ela. Acetei a proposta, ele me pediu para ser confidencial, eu só contei a uma única pessoa: Zé! Que é meu marido e não vou esconder nada dele. Ele sabia que eu contei para o Zé, e continuamos com o trabalho. Durante todo esse tempo, trocamos e-mails sobre o assunto, ele sempre me contava coisas sobre a historia deles e estávamos trabalhando em cima disso tudo, na última ele se mudou e achou todas as cartas que ela havia mandado para ele durante o relacionamento, ele me deu para eu tirar xerox e continuar com os estudos para o livro, só que na última semana foi uma correria e eu nem cheguei a tocar nas cartas, ficou rolando dentro da minha bolsa, até meu marido achar e achar que ele tinha mandado essas cartas para mim, e achar que eu estava tendo um caso com ele. 

FIM DA PAUSA 

.. Zé estava chorando, e me perguntava que era Mister M e minha mãe sentada no sofá, perguntando onde eu estava, e Zé me cheirando, e eu "Mas gente, o que está acontecendo?" Foi quando ele jogou as cartas e disse que eu estava tendo um caso, minha reação:

   

Tive uma crise de riso. Primeiro: Me faz ri a possibilidade de está tendo um caso com Mister M, nada contra a pessoa, é uma pessoa legal, mas não dá. Segundo: Meu marido, chorando que nem louco, achando que eu estava o traindo, na verdade, isso não foi só engraçado, foi LINDO Ver os olhos desesperados de Zé, com medo de me perder, ver que ele me ama, que como ele mesmo disse "Não viveria sem você.." Ganhei meu dia, fiquei super feliz, claro, tive que explicar tudo e mostrar que as cartas tinha nomes e datas diferentes e que nunca seriam para mim, ele já tinha rasgado as cartas e não sei com que cara vou falar isso para o colega. Por fim ele percebeu o erro e tinha esquecido que eu tinha avisado na noite anterior que iria no shopping, chegando até a ligar para minhas amigas do trabalho para perguntar quem era Mister M. Ficamos bem e até hoje dou risada da historia toda, e minha mãe e irmã fica gozando da cara dele, dizendo iriam me sequestrar para ver a reação dele. 
 No domingo fiz uma coisa que não tinha feito desde quando comecei a trabalhar: Fiquei o domingo todo de prega. Acordei tarde, assisti filme, me entupir de chocolate, dormir de novo, acordei, fiquei de prega.. Estou pronta para mais uma semana de trabalho, mas que esse fim de semana será lendário, isso não tenho dúvidas.

5 comentários :

Rafaella disse...

huahauahauahauahauahua
Imagino a cara do maridão e o susto...
Tadinhoooooo...
Que bm que foi tudo resolvido e esclarecido...
Calma maridão!!!
E que bom que aproveitaram o feriado...
Bjs

Dhal Pinheiros disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Eh zé rs
Beijos Larissimaaaaaaa

Keila disse...

casos em masi casos, hein Larita? Dizem que a felicidade é feita de momentos...

Li "Feios" e gostei muito, tem uma crítica sobre a sociedade atual que supervaloriza a beleza muito boa.

bjs

Júuh . disse...

Coitado do Zé, imagino a cara de revolta e de desespero ao mesmo tempo! kkkkkk
Mas você hein, amiga? Dá um mole desse, tinha que mostrar logo as cartas pra depois não dá problema!

História assim só com você mesmo!
hauahuahauh

Beeeijo

Natália disse...

Ri HORRORES e achei MUITO LINDO x)

É aquela coisa, a gente não SUPORTA cara super ciumento, que fica no pé e duvida de tudo. Mas.. um ciumezinho de vez em quando, nossa, como é gostoso! Saber que o ser amado tem medo de perder a gente, q não qr viver sem nós... é fofo, fala aí..

Felicidades eternas a vcs dois! =*

Google Analytics Alternative