quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Os excluídos nada anônimos desse mundo: Até Logo

Um dos meus maiores medos e que minha vida fique tão cheia de coisas que eu não tenha mais tempo para o blog, que minha vida mude tanto que eu não sinta mais vontade de escrever, que eu enlouqueça tanto que  perca essa essência que vem de lá de trás, que meus meus escritos morram dentro de mim, e que isso só seja uma fase na minha vida. Tenho medo, pois amo muito escrever, não sou filosofa, não escrevo textos perfeitos, não crio frases de efeitos, mas gosto do que eu faço, do jeito que eu faço, esse é meu possível para ser eu mesma. E com o tempo, pessoas que acabamos criando um vinculo, em decorrência das coisas da vida desistiram daqui, e algumas, não só do blog, mas de escrever também, e é delas que falarei hoje por aqui. 
Ha 3 anos atrás a Michele criou seu blog, e junto com ela fomos conhecendo a enfermeira humana que ela é, virmos as alegrias, as tristezas, uma gravidez interrompida e uma gravidez que deu certo: A Maria Clara. E acompanhar um blog aonde aprendemos mais umas com as outras, que tiramos duvidas, que damos dicas, que agente acompanha o crescimento de uma criança é maravilhoso! Acompanhamos também o casamento, as festas, as historias de um amor por um cachorro: A Meg. Mas depois de 3 anos e por problemas pessoas, que só nos, amigas mais próxima, por e-mail sabemos o motivo. A Mi acabou saindo de sua zona de conforto e pelos rumos que sua vida levou ela optou em dá um tempo do blog, pode ser 3 meses, 3 anos, talvez ela nunca volte e só fique no nossos corações a pessoas, mãe maravilhosa que ela é. Eu já disse isso para ela várias vezes e digo mais uma vez: Te admiro :) 
Eu conheci a Vanessa pelo twitter, através da Intense, super meiga, doce e divertida, acabei conhecendo o blog dela e descobrindo que ela mora pertinho de mim. 4 Anos de blog, a Bam (Chamo assim por causa do twitter) usou o seu como a maioria das pessoas usam: Um blog pessoal. Lá descobrimos a necessidade que ela tem de por os sentimentos para fora, virmos a Bam crescer, deixar a adolescência de lado e aconteceu uma coisa raras na blogosfera: Ela encontrou o homem da vida dela através do blog. Mas com o tempo, a essência existia, mas a vontade de por para fora não, e ela foi deixando, deixando, até dá a notícia para nos que o blog tinha acabado, eu não a conhecia a anos, mas sentir igual a perda dela. A Bam descreveu que foi uma fase boa da vida dela, mas que ela não tinha mais vontade de seguir com o blog e que ela não continuaria como obrigação. Certa! Isso aqui é amor, carinho, nunca obrigação, foi uma fase boa da vida dela e acabou, só cabe a nos lamentar e aceitar. Mas que o Essência era bom, era! 
A Di foi uma das 1° pessoas que comecei a seguir, uma das 1° que tive admiração, o 1° blog estrangeiro que conheci. Ficava encantada com as historias dela, tão louca que nem ousava a por uma foto sua, nunca vi a Di, mas sentir muitas coisas com ela, aprendi muitas coisas, e me vi muito nela. A Di, por nunca mostrar uma foto, ela falava abertamente sobre tudo: Sobre drogas, os problemas com seu pai, toda a sua historia de quando estava no fundo do poço, quando estava no auge, de ter conquistado sua casa, um amor, a Europa era o limite, de todas as festas pelas cidades que ela andou, um dos poucos blogs que li tudo.. Um mês atrás a Di avisava que talvez um diz voltasse, que estava de malas prontas, que o chão dela se abriu e que ela precisava de um tempo. Com isso excluiu todo o blog e só deixou uma mensagem para nos, fiquei com lágrimas nos olhos, a Di é uma pessoa admirável, uma pessoa que tive prazer em conhecer e agora, olho aquela postagem e só sinto um aberto no coração, um vazio, e nas músicas que ficaram é a única coisa que me faz senti-la, ainda, por lá.. 
Ps: Que os caminhos da minha vida não me faça desisti de escrever..

21 comentários :

Anônimo disse...

SE VC DESISTISSE
DE ESCREVER
SERIA UM SONHO

Leka disse...

Olá lara...
Vim aqui te avisar que o google deletou meus blogs, minha conta...perdi tudo e não consegui recuperar.(E eu achando que minha a net era um coisa ruim, tem pior...)
Agora tô nesse endereço...peço que vc tire os links antigos do guerra, pois ele foi deletado e não irá aparecer mais...
Tá difícil lembrar o endereçço de todo mundo que eu seguia, mas você é uma que não esqueço...sendo assim vim deixar meu novo link se você quiser manter contato...

http://artesanatoeideiasleka.blogspot.com/

Leka disse...

Beijão amiga...tô muito desanimada.

Leka disse...

Deletaram meus blogs...perdi tudo e não consegui recuperar.
Minha conta foi apagada...perdi orkut, blogs, e-mails...
Zereou tudo...vou tentar começar de novo...tá difícil lembrar do endereço de todos que eu seguia, mas vc sempre lembro!
Deixo aqui o link do meu novo se vc quiser continuar mantendo contato...

http://artesanatoeideiasleka.blogspot.com/

bjs...o blog ainda tá puro, pois tô um poço de tarefas hoje, mas brevemente estarei postando...

Will e Fá disse...

E eu já começo rindo do anonimo... não seria mais fácil deixar de ler? kkkkkkkkk....
Estava pensando nisso ontem, eu tbm sou apegada a meus blogs e não quero parar, fico com o coração apertardo quando vejo alguém se despedindo.

Mas você vai longe garota! E agora fiquei com ciúmes, pode fazer post para os novatos, viu!kkkkkkkkk.

Beijão!

★★ GIZA ★★ disse...

oi miga, pois eh um dos meus medos também eh esse, de ter que um dia abandonar meu blog.
beijos

Leka disse...

Obrigada pela força lá no cafofo novo!
Assim que tiver mais tempo vou recheá-lo novamente!kkk!
beijão!

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Bom, enquanto 'eles' existirem, eu continuo. Se um dia me apagarem um que seja (tenho 8), desisto de tudo.

PQP pariu quem gere a blogosfera, não há mais pachorra.

Naty Santos disse...

Acontecem coisas em nossas vidas que acabam fazendo com que a gente deixe de fazer coisas que realmente nos dar prazer,deveria ser ao contrario...

Beijos amiga!

Kinha disse...

Eu amava de paixão o blog da michele e da Maria clara. Espero que ela mude de idéia e volte pra nós!
:0

Luna Sanchez disse...

Saudades da Mi e da Clarinha também, flor...

=\

Bonita homenagem.

Um beijo.

Gisele Lopes disse...

Lara espero que vc não pare de escrever nunca... Por favor! Eu amo escrever e ler, os seus textos estão entre os meus favoritos, mil bjos
GI.

Sophia Pazos disse...

Se passar um dia pela sua cabeça excluir esse blog eu piro!!! É como se vc fizesse parte da minha família...não sei explicar, entro aqui todo dia...nunca nunca faça isso, que fase da vida porra nenhuma, vc vai escrever até 80 anos, vai ser a blogueira mais velha do Brasil...hahahahahahahaha
Bjuuuu

Val Bernardo disse...

Larinha sempre q eu venho aki,separo um tempo pra ler seus posts,leio vários,pois sei q eu demoro um pouqinho então saio rica de coisas legais daki,adorei o post da drew com a madonna,esse tb tá show,bjksss e desculpa não estar por aki como antes todos os dias,mas graças a Deus minha rotina mudou .bjão

Michele disse...

Linda, maravilhosa! Um beijo enorme nosso, com muito, muito carinho em você! Obrigada por tudo, sempre!

Winny Trindade disse...

Minha doce Lara, sinto tanta falta de conversar contigo... você nem sabe o quanto!

Está uma vida tão louca e corrida que penso muitas vezes em parar com o blog também, mas vou deixando, sempre que dá eu dou uma atualizada e visito os blogs que mais gosto, mas anda tão difícil e desmotivador.

Bom, você está bem?
Saudades imensas.

Abraço meu.

Gleyce K disse...

Acho que esse é o maior medo de nós blogueiras. Eu nem penso em abandonar o meu blog rs, sei lá, me apeguei tanto a ele que parece ser um pedaço de mim.

http://mundofashionfemenino.blogspot.com/

Beijinhos!!!

Missy Cheeks disse...

oii :)
sou da opinião que mesmo que a vida dê uma volta de 180 graus,teremos tempo sempre para fazer aquilo que gostamos,nem que seja só 5 min.bjs

Bibia Bueno disse...

Lara,

Por que você não modera anônimos? Eu o fiz. Assim como não publico ofensas de nenhuma categoria. Claro que eu acho que você tem o direito absoluto de deixar, para que as coisas sejam como elas são. A realidade social na vida virtual. Eu não. Prefiro que o meu mundo cor de rosa em forma de blog fique alheio aos anônimos. Acredite, eu tenho blog há dez anos. Eles SEMPRE existiram. E sempre vão existir. Mas no começo não existia moderação, agora temos a tecnologia favorável. Use-a! Sabe, no começo a gente se diverte. É lúdico. Depois de um tempo fica chato, eles acabam tomando conta do blog, virando assunto o tempo todo. Acabamos tornando nossas postagens indiretas ou diretas para tais criaturas. Deixamos de ser o "foco". Além do fato estúpido de levar para fora daqui. Ficar com raiva pensando nisso depois. Não preciso passar por algo assim. Motivo pelo qual decidi vetar os anônimos e moderar tudo. Eu sei que as ofensas chegam, mas nunca serão creditadas. Ficarão no limbo, que é o lugar onde jaz a falta de caráter. Esse comentário deixarei também registrado no meu blog!

Beijossss!

Teorias de Gi disse...

Tomara que nunca desista, amo ler deus textos, a gente cria um vinculo muito grande com cada blog q visitamos.
Beijusss eum lindo dia!

Bih Dias disse...

A pergunta que não quer calar, se os anonimos querem q vc pare de escrever, pq ele continuam vindo aqui te ler???? Vai entender, né? hahaha

Assim, como vc, tbm sentirei falta de acompanhar as histórias da Bam e da Michele .. afinal, cm já disse as duas a través de twitter ou facebook, ambas me inspiram mt.
Ah, e vc tbm, né loka! hahaha

E quer saber? Pare de escrever não! "E tem o seguinte, meus senhores: não vamos enlouquecer, nem nos matar, nem desistir. Pelo contrario: vamos ficar ótimos e encomodar bastante ainda." Caio F

Beiijão!!!

Google Analytics Alternative