quinta-feira, 26 de julho de 2012

Os excluídos nada anônimos desse mundo: Eles estão por aqui.


Volta e meia, eu recebo e-mail ou comentários sobre a coluna "Os excluídos nada anônimos desse mundo". Foi uma das coisas mais legais que criei aqui. E eu não a esqueci, mas para falar de alguém, eu preciso conhecer, me aprofundar, lembro que levantava cedo para escrever essa coluna, geralmente já tinha lido o blog todo da pessoa, e frisava algumas coisa, fora as fotos, o carinho, de cada pessoa que falei eu a conhecia, lá no fundo, por dentro, na alma, e hoje em dia, não tenho essa disponibilidade, de pesquisar, de conhecer profundamente, é uma das coisas que mais lamento. Eu sempre acompanhei fielmente todo mundo, por isso, algumas pessoas ainda cobram tanto a minha presença, e talvez elas nem entendam, mas até mesmo para sentar aqui é escrever, eu reveso entre arrumar a casa, fazer comida, sempre correndo, e sabe?! Já repeti tantas vezes isso aqui e agora entende quem quiser, quem puder, e existe pessoas que entendem, antes eu tinha em média por dia 25 comentários, hoje eu tenho na maioria das vezes 2, porque independente de qualquer coisas - E com lagriminhas nos olhos que eu digo isso - eles estão por aqui. 
Eu me lembro a primeira vez que li o "Vivendo no Hospício" e fiz tantos "QUÊ???" e comecei a ler um dia e no outro eu já estava terminando o blog todo, e me identifiquei, e me vi em tantos momentos e situações, e acabei me reconhecendo e tendo mais uma irmã perdida por ai, que é a Nati, essa lindeza
Também conheci o "Nada de mais" que sempre SEMPRE me faz lembrar a música "Nada é igual" d'O Círculo, e não perguntem porque, que eu não sei, e amei logo de cara só por ele falar que escrever errado, mas ele é original, com textos rápidos e leves, de autoria própria, que sempre está aqui com palavras que confortam tanto, tanto, que já me sinto no direito de chama-lo de Cris, na maior intimidade, haaaa e outra coisa, sempre achei que ele era português, de Portugal, mais ele é paulista, haaaa é acho super charmoso o mistério de nunca ter visto uma foto, e nada! O Cris tá escondendo o jogo ;) 
Estou falando deles 2, mas nunca AND jamais esquecendo de todas as amizades que construir aqui, tanto as meninas que já passaram por aqui - Dani, Beth, Andressa, Winny.. - Como tantas outras que ainda não passaram - Keila, Juuh, Cristal.. - as que já foram embora ou estão desaparecidas - Sophia, Leka, Naty.. - as lindas que me acompanham em tudo - G.K.B, Crys.. - Sério, quem me conhece sabe que eu nunca deixaria de escrever porque o povo não comenta, mas nunca vou desmerecer quem está aqui sempre, mesmo eu não estão sempre por ai. Esse texto é para agradecer, não só aos meus fieis, mas a todos que já passaram por aqui, eu continuo aqui, olhando por você, ACREDITEM!

3 comentários :

Cristiano disse...

Ó um post me citando que chique...

Mas vou te corrigir: Sou mineiro de belo horizonte e minha foto (e da ju) ta lá sim é só procurar.

Um bjao!

Natália disse...

Ain, sua LINDA #)

Também super me identifico com você e adoooooro quando a gente consegue um tempo pra prosear, igual a ontem #)

Espero que você esteja melhor.. e saiba q, sempre q vc quiser desabafar, tô de ouvidos a postos!

=******* irmã perdida!

Keila disse...

Larita, amiga de infância, nem que vc me expulsasse dos eu canto eu deixaria de ler seus textos. Gosto de ti de graça.

Jurava que o Cris era mineiro, aqui de BH. bjs

Google Analytics Alternative