quarta-feira, 25 de julho de 2012

Meu trabalho infernal

Hoje comecei o dia com o meu horário novo de trabalho. Agora pego ás 8 dá manhã, o que significa que chegarei uma hora e meia mais tarde em casa, que irei faltar bastante na academia, e o mais importante de tudo: FICAREI UMA HORA MAIS TARDE NO TRABALHO. É ele que anda acabando comigo. EU NÃO AGUENTO MAIS. Sempre achei um exagero falarem assim, eu ganho quase 1000 por mês, trabalho 6 horas por dia, atendo muito mais chat do que voz, acreditem: Não é isso tudo, e sabe o que é pior? Não é nem o trabalho em si, eu amo ás 6 horas, tiro os procedimentos de letra, clientes? Esse eu domo numa boa.. São as pessoas de lá de dentro, seres humanos que eu não sei porque caralho, Deus dá poder, se eles não tem capacidade para isso, se sobe para cabeça e eles se portam como se fosses melhores, como se não fôssemos nada, números. Na verdade, isso é o que eu tenho ouvido bastante: "Você é um número, sem resultado não é anda para empresa.." Tipo, as pessoas que fazem a empresa, ao mesmo tempo não é nada, entendem?! As pessoas sambam na sua cara mesmo, te tratam como lixo mesmo, e eu não aguento mais isso. Ontem, quando minha supervisora - Que diga-se de passagem: É uma das pessoas mais escrotas do mundo AND por incrível que pareça A MAIS PROFISSIONAL - me chama e pergunta se eu fiz alguma mudança de horário, eu: "Q??? NUNCA!" Gente, uma pessoa horrorosa mudou meu horário sem me consultar, explicando melhor a historia: Eu entrei no horário das 8, e sempre quis mudar para 7 porque minha vida é super corrida, corri atrás de Deus e o mundo para conseguir essa mudança, e ai essa pessoa horrorosa - Que também é supervisora - disse que tinha um representante que nunca chegava no horário, que ele já tava até pensando em sair, e que iria fazer a troca com ele, eu fiquei super feliz, vibrei, e seguir minha vida, quando foi na última semana, essa pessoa horrorosa, faz a troca e quando eu e minha supervisora, loucas do cu, vai lá saber dela o que aconteceu, ela: "O menino queria o horário dele de volta.." Minha super: "PROBLEMA DELE! TROCOU JÁ FOI, COMO VOCÊ FAZ UMA MUDANÇA DESSA?! E NÃO AVISA A MENINA! ELA TEM UMA VIDA LÁ FORA, VOCÊ É IMCOPETEEEEENTEEEEE!" Tipo, minha supervisora não vale um centavo, mas nunca a amei tanto na vida Ela tomou minha dor, ela fez barraco, ela ama barraco --' E no fim de tudo, fui fazer o que qualquer pessoa desequilibrada faria: Chorei no banheiro da empresa, porque olha, a vida lá dentro já esta um inferno, eu trabalho sobre pressão ás 6 horas do dia, se você tem que fazer 5, no outro você tem que fazer 10, se não faz, NÃO PRESTA, e ai começa a pertubação na vida da pessoa, cobrança em cima de cobrança e quando você precisa, NINGUÉM FAZ NADA POR VOCÊ. Uma amiga do trabalho, brinca que eu sou suicida, porque todos os dias que eu entro naquela operação, eu faço comentários do tipo: "Quero muito morrer..", "Qualquer dia desse entro aqui e mato todo mundo..", "Vou abrir essa janela e vou me jogar.." Tipo, isso não deve ser legal, né? E ainda tem mais, eu choro antes, durante e depois do trabalho, em um grau que o Zé não quer saber de mais nada, porque ele disse que esta cansado de me ver desse jeito, que já pediu para eu sair de lá, que eu não preciso, ontem ele chegou a me fazer jurar que vou pedir minha demissão. Mas como eu posso dizer isso.. Eu não quero pedi, eu quero todos os meus direitos, minhas férias, só faltam 3 meses *.* Então pretendo, não que eu vá conseguir, ficar lá por no máximo 1 ano, até porque: AQUILO NÃO É VIDA! E quem já trabalhou na área sabe, me entende, e algumas até piraram. E tenho me sentindo assim, pirando, com uma coisa negativa, triste e não sei o que fazer, a última, foi voltar para casa chorando, comprar um saco de Ruffles e ir para casa comer loucamente, é isso, estou desmoronando.

7 comentários :

G.K.B disse...

Lara,

Trocan de emprego. Sério. É isdso que está te fazendo sentir tanta fome! Aí é cidade grande. Tem que haver algo que seja MAIS perto da tua cassa, que te dê um salário mais ou menos igual e que se duvidar, seja a mesma carga horária.

Beijo!

Cristiano disse...

Vou te contar uma historia triste então senta que lá vem historia...

Estou na mesma empresa alguns anos já, sai da faculdade e vim para cá, no meu começo foi muito bom...

Era promovido quase todo o ano, porque os meus chefes gostavam do meu trabalho. Mas devido a rotação de chefia eu nunca ficava mais de 6 meses com o mesmo coordenador.

Como o que importa é resultado, eu e minha equipe dávamos muito resultado para empresa, dinheiro mesmo. Eu era o que mais faturava, por ser o que mais faturava tinha algumas regalias, ficava de sobreaviso, tinha hora extra liberada e por ai vai.

Ai um coordenador que queria os meus resultados debaixo dele fez todo um jogo para eu ficar abaixo dele, depois disso minha vida não foi a mesma. Nunca mais foi.

O cara simplesmente me tirava do serio e fazia questão de mostrar que ele não gostava de mim, com pequenas coisas: Como em viagens profissionais fazia questão de não me chamar para almoçar.

Fazia questão de me dar esporro gritando para todo mundo ouvir, mesmo eu não sendo o único de ter errado.

E o ápice foi PEGAR UMA LUVA DE BOXE E SOCAR NA MINHA FRENTE FALANDO PARA EU RESOLVER O PROBLEMA... Todo mundo do andar riu de mim.

Eu ficava tão estressado que minha pressão começou a subir, comecei a comer igual condenado.

E eu passei a incluir na minha oração diária: Tirar da minha vida esse tipo de pessoa... hoje não tenho hora extra, não tenho sobreaviso, mas convivo com pessoas mais sadias para a minha rotina.

Resumindo: Aprendi que em fase ruim o melhor é manter a calma e continuar seguindo. Talvez no seu caso o seguir é comecar a procurar emprego durante as ferias.

Cristiano disse...

Vou te contar uma historia triste então senta que lá vem historia...

Estou na mesma empresa alguns anos já, sai da faculdade e vim para cá, no meu começo foi muito bom...

Era promovido quase todo o ano, porque os meus chefes gostavam do meu trabalho. Mas devido a rotação de chefia eu nunca ficava mais de 6 meses com o mesmo coordenador.

Como o que importa é resultado, eu e minha equipe dávamos muito resultado para empresa, dinheiro mesmo. Eu era o que mais faturava, por ser o que mais faturava tinha algumas regalias, ficava de sobreaviso, tinha hora extra liberada e por ai vai.

Ai um coordenador que queria os meus resultados debaixo dele fez todo um jogo para eu ficar abaixo dele, depois disso minha vida não foi a mesma. Nunca mais foi.

O cara simplesmente me tirava do serio e fazia questão de mostrar que ele não gostava de mim, com pequenas coisas: Como em viagens profissionais fazia questão de não me chamar para almoçar.

Fazia questão de me dar esporro gritando para todo mundo ouvir, mesmo eu não sendo o único de ter errado.

E o ápice foi PEGAR UMA LUVA DE BOXE E SOCAR NA MINHA FRENTE FALANDO PARA EU RESOLVER O PROBLEMA... Todo mundo do andar riu de mim.

Eu ficava tão estressado que minha pressão começou a subir, comecei a comer igual condenado.

E eu passei a incluir na minha oração diária: Tirar da minha vida esse tipo de pessoa... hoje não tenho hora extra, não tenho sobreaviso, mas convivo com pessoas mais sadias para a minha rotina.

Resumindo: Aprendi que em fase ruim o melhor é manter a calma e continuar seguindo. Talvez no seu caso o seguir é comecar a procurar emprego durante as ferias.

Cristiano disse...

Vou te contar uma historia triste então senta que lá vem historia...

Estou na mesma empresa alguns anos já, sai da faculdade e vim para cá, no meu começo foi muito bom...

Era promovido quase todo o ano, porque os meus chefes gostavam do meu trabalho. Mas devido a rotação de chefia eu nunca ficava mais de 6 meses com o mesmo coordenador.

Como o que importa é resultado, eu e minha equipe dávamos muito resultado para empresa, dinheiro mesmo. Eu era o que mais faturava, por ser o que mais faturava tinha algumas regalias, ficava de sobreaviso, tinha hora extra liberada e por ai vai.

Ai um coordenador que queria os meus resultados debaixo dele fez todo um jogo para eu ficar abaixo dele, depois disso minha vida não foi a mesma. Nunca mais foi.

O cara simplesmente me tirava do serio e fazia questão de mostrar que ele não gostava de mim, com pequenas coisas: Como em viagens profissionais fazia questão de não me chamar para almoçar.

Fazia questão de me dar esporro gritando para todo mundo ouvir, mesmo eu não sendo o único de ter errado.

E o ápice foi PEGAR UMA LUVA DE BOXE E SOCAR NA MINHA FRENTE FALANDO PARA EU RESOLVER O PROBLEMA... Todo mundo do andar riu de mim.

Eu ficava tão estressado que minha pressão começou a subir, comecei a comer igual condenado.

E eu passei a incluir na minha oração diária: Tirar da minha vida esse tipo de pessoa... hoje não tenho hora extra, não tenho sobreaviso, mas convivo com pessoas mais sadias para a minha rotina.

Resumindo: Aprendi que em fase ruim o melhor é manter a calma e continuar seguindo. Talvez no seu caso o seguir é comecar a procurar emprego durante as ferias.

Lília disse...

Não tem nada pior do que infelicidade no trabalho, afinal de contas passamos mais tempo no trabalho do que com a nossa família, eu imagino o que você está passando, mas se faltam 03 meses para as suas férias, tire férias, pegue os 30% e force que eles te demitam, tipo falte de vez em quando, chegue atrasada, vá ao médico... MAs saída desse lugar depois de um ano... dinheiro nenhum paga a nossa paz! Beijo grande querida!

Natália disse...

A história do Cris é tão triste, que foi preciso ele contar 3 vezes. Rs.. zoando!

Hein, mas é isso que ele disse: em alguns momentos, o melhor é só respirar fundo e seguir em frente! A rotatividade nesses locais é gigantesca e, uma hora, vc muda de supervisora!

Agora, se o trabalho estiver te fazendo muito mal messsmo, procura outro! Embora, é aquilo q a gente conversou hj: trabalhar 6 hs e ganhar milão, sem facul, é de botar o joelho no chão e rezar, né?

=****

força, larinha! qlqr coisa, cê sabe, tô aqui! amei falar com vc hj! fique bem!!

Keila disse...

Amiga de infância, primeiro muito feliz com o seu comentário lá no blog. Bom demais saber que vc ainda sabe da minha existência e devaneios!

Meu cel é vivo, vou te mandar por email.

vc tem face? Acho que sói twiter, né? Se tiver Face me add: keila c. souza soares

Outra coisa: bem vinda ao mundo corporativo! Se está te fazendo mal caí fora ou espere os 3 meses,procure outro emprego e façam com que te mandem embora sem queimar o seu filme. Antes de tudo vc, depois as contas ou os presentes... bjs

Google Analytics Alternative