quinta-feira, 15 de março de 2012

Deixe-me Viver

Hoje pessoa sentou do meu lado e disse: "Li seu Twitter todo!" Eu: "QUÊ??" Sabe, não sei de verdade qual o sentido disso tudo, se as pessoas vivem jogando meu nome no Google, eu sei que as pessoas descobrem as coisas, e falam que 'me leu' como se fosse a coisa mais o máximo do mundo. Tô me sentindo invadida. Parece que por mais que eu queira ser eu mesma all time, anda sendo difícil quando você não pode respirar sozinha, e não é nessa altura que vou mudar todo o conteúdo do blog, ou vou fecha-lo, mas tenho ficado desanimada, pensando eu contar 375 coisas e ai vem o pensamento: "As pessoas vão me julgar?" E vem o peso de ser mãe, e se preocupar como as coisas vão respingar na sua família, sim, TENHO QUE ME PREOCUPAR, não é por mim, eu não me importo com quem eu sou, mas as pessoas julgam o tempo todo e sempre SEMPRE levam para o lado deles, tenho que me preocupar, porque hoje não sou mais um corpo só, escrevi sobre um conto aqui e recebo e-mail me perguntando se estava acontecendo algo comigo, PORRA! Tá lá as falas, tá lá a parte "Fragmentos de Um conto que nunca existiu" QUAL É A PARTE QUE AS PESSOAS NÃO ENTENDEM??? TEM QUE INVENTAR?? Ai fico putissíma, com muita vontade de mandar todo mundo tomar no cu, e venho aqui me explicar, e acho um saco isso, e já escrevi sobre isso aqui, essa deve ser pela 20° vez que faço um texto assim, sabem? E fico com aquela zero vontade de viver - Porque os dementadores estão ai, né? - meu Reader avisa que tenho 566 texto para ler, e fico sem prazer algum de vim aqui, e acho um máximo que tudo anda calmo por aqui, e quando vou ver nas estátiticas, mas de 200 pessoas passam por aqui por dia e eu: "Mas gente, cadê o povo? 200 pessoas e ninguém diz nada?" Claro, são os dementadores, que vem tomar parte, respirar minhha vida, porque vida não trabalhamos, né galerinha, tem que viver em função da de alguém, porra, vão se tocar, se masturbar, achar alguém para transar loucamente, lavar roupa, cuida de uma casa, ESTUDAR!! VÃO SE MATAR!! Mas deixem eu viver, plis!

17 comentários :

Michele disse...

Estou com o mesmo problema, Lara.
É um saco!

Pri Dias disse...

Esse tipo de gente sempre vai existir Lara.
Em toda parte. Parece que não percebem que se Deus deu a vida para todos é para cada um tomar conta da sua. Mas enfim... força na peruca. Não deixe esse tipo de gente te deixar chateada.
Bjs !!

Keila disse...

Não esquenta... as pessoas agem assim por achar que estão realmente se importando.

Christian V. Louis disse...

É um fato infeliz e desagradável, quem se expõe na internet está sempre sendo stalkeado, por vezes, até mesmo por desconhecidos que de algum modo, simpatizaram tanto com você ao ponto de lhe perseguir.
Eu, que cuido para não dar muitas brechas pessoais, passo por situações parecidas, felizmente apenas no virtual, a vida real eu separei muito bem, não expus meu sobrenome, somente uma inicial de um dos sobrenomes e coloquei um pseudônimo no final, já para evitar este tipo de coisa. E imagino como deva ser preocupante, porque eu também o faço por mim (não vou dizer que não) e também para proteger a privacidade da minha família que nada tem a ver com meus projetos literários ou com o que eu escrevo ou deixo de escrever no blogue.
Por vezes, eu penso que pessoas que me lêem possuem muita dificuldade de interpretação de texto ou um certo grau de analfabetismo mesmo.
Eu falo em um post, onde pessoa comenta que teria respostas para o mesmo post que nunca conseguiria ser ateu e, no post seguinte, pessoa insinua que sou ateu. ahah. Isto é apenas um pequeno exemplo das coisas que sou obrigado a ler.
Mas é isto, a blogosfera e redes sociais são nada mais que isto, um banquete para voyeurs.
Eu, procuro ignorar certos comentários que recebo, recebi um que até mesmo falou mal de alguém de minha família e quando fez isto, a parceria morreu para mim. Jamais publicarei o que quer que seja de tal pessoa.
Podemos impor limites, excluir, bloquear, quando é virtual, quando passa pro real complica um pouco mais.
Seu post me lembrou uma frase que li em um blogue hoje, era algo como: colocar o meu nome na boca do sapo não tem tanta diferença quanto colocá-lo no Google. ahah.
Boa sexta Lara.

PS: Duvido muitissimo que alguém tenha tido capacidade de ler TODO o seu twitter, uma vez tentei ler o meu mesmo pra ver se não tinha nada ofensivo quando eu escrevi meio bêbado ahah e não, são muitos tweets, se passam de 1000, não carrega tudo. Leram somente os tweets mais atuais.

Bia. disse...

Só sei dizer uma coisa: "Te entendendo". Acho que todo blogueiro entende. Dementadores estão por toda parte.
Também tenho receio de escrever as coisas no blog, até já pensei em começar outro e divulgar só pra quem segue de fato o Fútil. Quem gosta de ler, sem essa paranoia de saber o que ganhei, o q perdi. Mas por outro lado, tenho dó de desmanchar o Fútil. :')

A gente vai escrevendo e contando com a sorte né.

Beijos.

paula disse...

Lara, e se vc tentasse pensar assim: povo anda lendo mas anda com preguiça de comentar? Eu mesma passo aqui ao menos uma vez ao dia, ou seja, sou parte da sua estatística, flor, mas não comento quase nunca pq ando preguiçosa, mas também não faço parte da turma de dementadores... Entendeu?

Sei lá, de repente pode ser um jeitinho mais positivo (ou menos negativo) de ver essa coisa de tanta visita e pouca palavra. Né?

Porque uma ou outra alma penada pra nos assombrar sempre vai existir, não tem jeito! Seja vc sempre, sem encanações e tenho certeza que Penélope terá sempre muito orgulho da mãe que tem!

Beijo :)

paula disse...

Lara e se vc pensasse assim: eu passo todo dia por aqui e quase nunca comento. E se seus leitores forem preguiçosos como eu? Eu adoro ler, mas ando sem vontade de parar e pensar em coisas legais pra escrever, sabe? E aí acabo não deixando nada... E eu não sou nenhuma dementadora, né?

Não é uma maneira mais positiva (ou menos negativa) de enxergar essa invasão de visualizações sem comentários, não acha?

Porque gente com espírito-de-porco sempre vai existir, mas tenho certeza que vc é muito mais legal e a Penélope terá muito orgulho de vc e de tudo que vc escrever, pq vc é autêntica!

Beijo :)

paula disse...

Lara, e se vc tentasse pensar assim: povo anda lendo mas anda com preguiça de comentar? Eu mesma passo aqui ao menos uma vez ao dia, ou seja, sou parte da sua estatística, flor, mas não comento quase nunca pq ando preguiçosa, mas também não faço parte da turma de dementadores... Entendeu?

Sei lá, de repente pode ser um jeitinho mais positivo (ou menos negativo) de ver essa coisa de tanta visita e pouca palavra. Né?

Porque uma ou outra alma penada pra nos assombrar sempre vai existir, não tem jeito! Seja vc sempre, sem encanações e tenho certeza que Penélope terá sempre muito orgulho da mãe que tem!

Beijo :)

Cristiano disse...

em um blog mostramos o que queremos mostrar... seja foto, pensamentos, videos, relatos e por ai vai...se estamos com conflito sobre o que espomos é parar de espor...

Gosto do sus textos

:)

Engraçadinha disse...

Qualé Lara?
Tá tudo ligado.
Muita ingenuidade sua achar q tendo um blog e falando horrores no twitter vc ficaria imune de cobranças.
Não quer ser lida, nem ser julgada, simples, bota cadeado no blog e libera só pras suas pessoas de confiança.
Já dizia o velho deitado: Tá na chuva é pra se molhar.
Todos temos os dementadores que merecemos, agora se doer com isso é outra coisa.
Aprenda a ser um ser superior e cagar pro q não te acrescenta.
Aí essas coisas vão parar de te incomodar. Pare de dar atenção pra isso, não dê ibope, não aplauda os malucos. Conviva com isso e só.
Sério, em 8 anos de blog, só tive 3 críticas.
Mesmo assim, nem tive tempo de responder, porque meus queridos 5's leitores xingaram até a 10ª geração do sujeito.
Ou seja...

Rafaele Cristyne disse...

KKKKKKKKKKKKKKKK

Rafaele Cristyne disse...

Seu desespero, nosso desespero!

Leka disse...

Lara cê tá brava...não vou cutucar muito não!kkkk!

As vezes penso nisso também, pois apesar de não falar da minha vida como você fala da sua nos meu blog de vez em quando aparece algum anônimo (com cara de conhecido né) fazendo comentário...é muito chato mesmo.

bjs!

Andressa Tavares. disse...

Nem uso mais twitter..
na realidade as pessoas acompanham a sua vida.
E querendo ou nao vc acaba postando tudo o que vc faz.
É um saco..
to quase desistindo das redes sociais

Gabriela Freitas disse...

É um saco mesmo, acho super desnecessário gente se metendo onde nunca foi convidado, falta total de preocupação na cabeça... Manda todo mundo ir se matar mesmo Larinha, tá certa, isso é um saco.

Alan Raspante disse...

o duro é que eu concordo e entendo você. Meu blog não é pessoal, mas também não gosto quando um conhecido visita...

Natália disse...

Ai, já sofri com isso...por isso que agora 'não mostro a cara nem por chocolate', muito menos divulgo meu sobrenome.

Quanto ao conto, fui uma delas. Eu achei que a parte do 'que nunca existiu' fosse ironia...

Quanto às 200 pessoas e nenhum comentário, devo confessar mea culpa, tbm. É que eu sempre entro aqui. Quase todo dia. Mas é sempre pelo celular, quando tô no trânsito ou esperando alguma coisa. Aí nao dá pra comentar pq ngm merece comentar pelo qwerty touchscreen do cel, né? Não é Deus aquela coisa. Até pra mandar sms tenho preguiça. E eu não entro no blog pelo notebook sempre pq se não eu não resisto e perco hoooras comentando, e escrevendo no meu, e bla bla.. e eu tenho q estudar, né? Dai me concedo só uma ou duas vezes na semana pra entrar..só q dai eu comento tuuuudo pra trás, cê sabe, né?

Melhoras...

=*

Google Analytics Alternative