sábado, 10 de março de 2012

Até Logo ( cc Sophia )

Eu não sei que rumos as pessoas levam. O que o tempo anda fazendo com as suas vidas. Se elas andam bem, se sorri, se é feliz. Mas parece que tudo anda meio bagunçado e hoje quando abri o blog da Sophia e vi ela dizendo que não escreveria mais, que estava deixando o blog.. Nossa! Parecia que eu tinha recebido a notícia que ela tinha morrido. JURO! Coloquei Fix You - Porque sei que é uma música que ela gosta - e li e reli a despedida dela, chorei, porque Sophia é uma pessoa ímpar, uma das pessoas mais leais que já conheci. Admirável é a palavra certa. Uma das pessoas que mais me identifiquei aqui, que me acompanhou por muito tempo, que trocávamos e-mails com conselhos, com carinho, AMIZADE, amizade mesmo. Eu não sei o que anda acontecendo, eu sei que até eu mesmo me pegando pensando nisso, mas vejo sempre dá forma mais dramática: É como se eu estivesse matando uma parte de mim. Não consigo me ver sem escrever, mesmo que ninguém leia, mesmo que não tenha comentários, que perca a graça, que as pessoas deixem de me seguir, eu preciso disso, é como se eu corresse para debaixo da mesa e soluçasse de tanto chorar, e conseguisse colocar tudo para fora em forma de palavras. Não, eu não sou uma grande escritora, nem poeta, nem nada, eu só passo os sentimentos de um ser humano que sente tudo, que vive tudo e que chora muito. Até mesmo quando uma grande amiga diz um 'Até Logo' que um dia vai voltar, que está bem. É que talvez eu seja boba demais, e que eu sinta tudo demais, que eu grite demais e que sou dramática demais..
Hoje foi um dia de grande coisas, cheio de escolha e momentos que eu nunca NUNCA vou esquecer na minha vida. Logo depois a notícia da Sophia, que estou sentindo tanto TANTO. Claro, ninguém vai continuar com uma coisa que não te dá mais prazer ou sentindo algum, mas preciso deixar claro aqui o quanto ela foi importante para mim, o quanto a amo, o quanto sentirei a falta da sua presença constante aqui, me dando apoio ou puxando minha orelha. Queria deixar registrado aqui, nas páginas amarelas desse blog, que eu nunca senti tanto a despedida de alguém, como estou sentindo a da Sophia. Mas também, quem em todo mundo tiraria uma foto, em pleno o seu casamento, com uma dedicatória para mim, somente para participar de uma coluna aqui no blog, sério, isso não tem preço.

 #muitoamor 

6 comentários :

Mery disse...

Legal amiga; o teu carinho é tanto que passas esse sentimento no texto, mas são raros amigo(as) que nos mimam e merecem essa "tristeza e essa simples homenagem que deve ter representado muito pra ela, enfim ...penso que ela sentirá falta de escrever* e voltará.
Saudades daqui!
Beijo grande, Mery*

Bia. disse...

Me vi aqui nas tuas emoções:

''É que talvez eu seja boba demais, e que eu sinta tudo demais, que eu grite demais e que sou dramática demais..''

É Lara, eu sei como é sentir tudo isso junto:/

Cristiano disse...

De quem chegou agora...

Vocês nunca se viram? Nao terão nem mais contato nem por msn, facebook ou email?

E ela nao vai mais te ler?

Keila disse...

imagino como vc se sente Larita. Assim como me identifico com vc e com algumas outras poucas pessoas do mundo virtual. É como se essas pessoas fizessem parte do nosso dia-a dia, sabemos como é o rosto de algumas, a voz de outra,imaginamos nossas afinidades e tomamos essas pessoas como nossas.
fique firme, com certeza o carinho dela por ti permanecerá on line.

bjs

Anônimo disse...

Oi minha linda, sou eu! A Sophia,não to consiguindo logar.
Oq esperar de uma amiga, de uma grande pessoa como vc?
Escreveu esse lindo post de despedida pra mim, to emocionada.
Não vou sumir definitivamente não, vc só não vai me ter com frequência, mas vez ou outra vou bizoiar aqui, ta loka? Não te largo mais! Adoroooo vc, não adoro é pouco, amoooooo vc Larinha, minha irmã, minha amiga...
Só não quero escrever o blog de má vontade já que pra mim já deu por enquanto.

BjuBjuBju

Natália disse...

Primeiro: que lindo o que ela fez x)
Segundo: espero que ela esteja muito feliz na nova fase da vida - matrimônio
Terceiro: ai, que dor. Entendo você. Muito. Tô nessa situação com uma pessoa. Que eu não conheci por blog, mas conheci por orkut (na época que existia orkut e eu tinha um)em 2001 e fui muito amiga até janeiro. Conversávamos sempre por email. De janeiro pra cá, ela sumiu. Já mandei zilhões de emails e nada. Ela mora em outro estado e eu até tenho o telefone dela e toda a liberdade de ligar, mas liguei uma só vez e ela não entendeu, nem retornou... não ligo mais pq não sei o q está se passando, né.. tô de coração na mão. É tão ruim. Por isso, suuuuper entendo sua situação. A gente se apega tanto à algumas pessoas. E, depois, elas somem...

Google Analytics Alternative