segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Mais do Mesmo


Eu percebo que estou mudando, quando desisto de escrever certas coisas, quando eu penso em ri em vez de chorar, e quando eu choro, faço isso baixinho, escondida, no meu mundo. Eu não sei se acontece com vocês, mas eu piro nos dias que antecedem o meu aniversário, esse ano começo bem antes do que eu imagina, na quarta (24/08) eu já estava querendo corta meu cabelo nos ombros, essa ideia não saiu da minha cabeça, mas ainda vou amadurece-la. Eu percebo que eu não estou bem, quando eu quero cortar meus cabelos, deve ser algum trauma que minha mãe criou em mim, mas isso acontece comigo. Depois disso, a quinta e a sexta-feira, entraram para os piores dias no ano. Comecei a me alto analisar, fiquei muito estressada com os resultados, pensei várias vezes em escrever sobre, mas pensava: "Pra Quê?" Isso era os sintomas da vontade de viver que era zero. Mas mesmo sobrevivido a esses dias, mesmo não escrevendo sobre, e mesmo eu tentando me encontrar para entender o que estava acontecendo comigo, chegando até a acreditar que eu estava precisando de uma válvula de escape, como voltar para academia - Mas uma ideia que não saiu da minha cabeça, mas devo amadurece-la - para sobreviver as minha próprias loucuras, e não surta de vez deixando minha filhar ser criada por outra mulherzinha qualquer, resolvi que vou escrever sim, esse é a única coisa que eu sei fazer, e dizem que nos, que escrevemos (Cof Cof) só conseguimos ficar melhor quando colocamos para fora, então se esse blog vai voltar a ser lamúria pura, se eu vou sofrer com todo esse processo de transição dos meus 23 para os meus 24 anos, se eu vou ficar chata, chorona, doida E depressiva, que venha, que eu escreva, que eu ponha para fora, que eu não pire, para minha filha não ser criada por uma mulher qualquer, que todos se encham de mim, que eu não tenha mais comentários, que eu me encontre e desencontre, mas que eu escreva! Na verdade, o ano passado foi bem pior, esse ano eu me desequilibro pelo twitter, quem me acompanha por lá sabe como andou meu humor nos últimos dias, e depois de acabar o mundo por lá, penso se vale a pena mesmo acabar por aqui também. Não por vocês, claro, já que quem não gostar, aperta "Próximo blog»" lá em cima e cai fora daqui, mas por mim que quero tirar essa fama de doida, que tem raiva das pessoas e do mundo, sem motivo, na verdade: Tenho motivos, mas só quem sabe é quem passa, agente diz e a galera "Não fica assim não, vai dá tudo certo.." Só que para dá certo, vai dá muito errado ainda, e eu gostaria muito de pular toda essa fase de sofre e blábláblá, mas a vida não é assim, vivemos em constante movimento, altos, baixos, fáceis e difíceis, tanto que desgrilei sobre o emprego, não estou mais louca e chorando, não por isso, como sempre dá errado, eu começo a acreditar que no final, o emprego dos meus sonhos vai aparecer - Emprego dos sonhos = Que eu possa acessar o twitter e o blog :p - que eu vou ganhar bem, vou ser independente, que vou ser rica e vou comprar minha máquina fotográfica, já que essa historia é velha ¬¬

14 comentários :

Sophia Pazos disse...

Oh Larinha!!! Escreva, escreva tudo, dane-se oq pensam, pra vc acertar vc vai errar muito mesmo, desencana e viva!!! Sobre o niver, menina, agota todo ano no mes de Janeiro fico insuportável, acho que estou odiando fazer niver, não pela idade, mas pq o povo liga lá pra casa esperando uma festa de arromba e eu não faço nada no meu niver, pra mim é um dia como outro qualquer...ai peguei raiva disso e sempre que se aproxima já começo a me estressar...kkkkkkkkk
Bjuuuuu

Leka disse...

Oiii!
Cara tô mega sumida...mas vim te dar um abraço!kkkk!
Cara eu também não curto meu aniversário...Além da idade tá ficando pior chegando nos "inta"..kkk...não faço festa assim como a sofhia!kkk!
De qualquer forma força aí amiga e que o emprego seja do jeito que vc deseja...pra continuar navegando!kkk!

Bjs, paz e boa semana!

Júuh . disse...

Ok. nada de dizer: "não fica assim, vai dar tudo certo"
Vai lá amiga, coloca tudo pra fora, estou e estamos aqui pra te ouvir. não pense que vamos encher o saco daqui, encher o saco de você! hauhauha e acho que tá beeem dificil disso acontecer viu?

O blog é seu e vc faz dele o que quiser, e se estamos aqui é porque estamos dispostas a ver de tudo por aqui!

Beeeeeeijo

Luna Sanchez disse...

Escreve sim, queridona, que escrevendo a gente toma um certo distanciamento dos problemas e assim consegue enxergá-los com um pouco mais de clareza. Isso é sempre, sempre útil.

Beijo bem grande.

Marcos de Sousa disse...

Escrever é a melhor válvula de escape que existe. O simples fato de deixar tudo sair nos deixa mais leva e mais tranquilo.

Sobre tudo que está acontecendo contigo, deixo-lhe uma frase do Caio: "No fim tudo dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim."

Beijos

Andressa disse...

Amei essa imagem..
tá bem a minha cara esses dias!

Tati Lemos disse...

aah querida uns dias antes do meu aniver eu também estava assim, a gente fica de fato cheia de idéias na cabeça, eu até pensei em fazer tatuagem, piercing, queria comprar um all star de cada cor, kkk ai menina....


Beijinho querida!

Flá Costa * disse...

Lara, nada melhor que o papel (ou o teclado?) pra gente descarregar tudo aquilo que a gente esconde no fundo da alma.

Só isso já alivia não é mesmo?

Obs: Nem me fale em crises pré-aniversário! Estou no meu inferno astral e de tpm! Nem eu estou me aturando rs...

Michele P. disse...

Lara

Você não sabe, mas te acompanho há um tempão, sempre escondidinha por aqui, sem dar meus pitacos.
Mas hoje, resolvi dar as caras.
Eu te entendo completamente e acredite: a vontade de cortar os cabelos nada tem a ver com trauma de infância! Eu e metade das mulheres brasileiras somos tomadas por esta loucura sempre que algo não anda bem... e sabe porquê? Porque mudar o visual mexe com nossa estima e nos deixa melhores.
Quanto aos outros conflitos, permita-se pirar, divagar, devanear e se preciso for, gritar.Porém não deixe que isso que lhe tire o prazer de viver. Ninguém pode (nem você mesma) te tirar do sério a menos que você deixe!
Pense nisso!

Beijão e boa semana!

Naty Santos disse...

Ohh Lara, eu queria tanto que a gente morasse perto,rsrs. Será que prestava?? =O

Mas,eu sinto que estou perto de você, cada vez que eu venho e leio aqui,que as vezes vc me deixa sem saber o que dizer,já que vc não aguenta mais tanto blá,blá,blá... carregado de promessas.

Só queria está perto pra te ajudar de alguma forma,de correr atras de emprego com vc,de podermos fazer alguma coisa juntas que te deixasse melhor.Como não tem jeito,a única forma que encontro pra te ajudar é através de palavras escritas e pensamento positivo,e é isso que eu faço!!

Gosto muito de tu!

Beijão!!!!!

Leo disse...

Nada melhor que uma maquina fotografica nova, pra apagar velhas historias!

estou de volta Lara!
Beijãao

ariiadne veloso; disse...

Também tenho essa "agonia" de cortar cabelo , de querer mudar e ficar insatisfeita comigo perto do aniversário HSOASHAOSH tanto que já mudei.
E com certeza seu emprego dos sonhos vai aparecer , também sonho com um desse KKKKKK *-*
Enfim, como você diz... sorte!
beijo :*

Flor disse...

Olha só, um pouquinho antes de mim você fica mais velha.
Olha, o blog é seu e você tem que escrever o que tiver vontade, mesmo que seja pra se lamentar horrores, ou compartilhar bons momentos. Quem tiver afim, te acompanha, quem não quiser, pula fora.
Obrigada pela visita, um beijo enorme <3

Letícia disse...

Escrever Liberta! :D
Tenha uma ótima semana querida! ;**

Google Analytics Alternative