quinta-feira, 26 de maio de 2011

Vale a Nota: Opiniões

Estava com saudades de escrever bobagens por aqui. Esse mimimi todo não combina comigo e meus últimos textos tem expulsados muitas coisas presas em mim. Tenho me sentindo uma borboletas com asas coloridas. Descobrir que liberdade é quando sua alma se liberta e começa a viver e sentir coisas boas. Hoje a felicidade para mim é estar bem comigo mesma. E cada coisa em seu lugar só tem feito eu abrir um sorriso. Mas como disse antes: Vamos deixar o mimimi de lado e por o papo em dia.
Andei estressada. Um torcicolo. O fim do mundo. E muita chuva. Nada de internet. Foram os motivos do meu estresse. Quase morri de dor na coluna e no pescoço. Quase morri com essas historia de fim do mundo. Quase morri de desanimo por causa dessa chuva toda. Quase morri durante a chuva por falta de internet. Sabe, tenho me identificado com as propagandas da Gvt. Sabe aquele cara? O Rodolfo? Que os vizinhos roqueiros vão reclamar do barulho e a mãe dele atende dizendo que a barulheira toda é porque o filho esta batendo no computador? Então. Sou ele. E daqui alguns dias me vejo perdendo os cabelos, depois a sanidade e por fim o marido..
Ontem, como hoje e todos os dias, fiquei sem internet a noite. Tive o convite de deitar de conchinha para assisti o programa e não resistir: Desliguei o computador e fui correndo.
Zé toda semana assisti um programa chamado "A Liga" que acredito que seja conhecido por muitos aqui. Ontem o programa falou sobre maconha e aborto, na verdade o programa falou de "Liberdades individuais" O direito de cada um ter seu livre arbítrio de escolher o que bem entender sobre sua vida. Calma! Não estou falando de um serial killer ter o direito de matar muitas vidas, como disse antes é INDIVIDUAL. Se atingir os outros. Achei o assunto interessantíssimo, não só pelo assunto em sí, mas pelas coisas envolvida na liberdade individual de cada um. E observei que ainda (Não que eu me lembre) não tinha dado minha opinião aqui sobre esses assuntos, mas vou dar agora:

União Homoafetiva: Super válido. \o/ Como não defender o amor? Como não dar o direito dessas pessoas amarem? Esse assunto não era para ser tabu, não era para um país como o Brasil demorar tanto para liberar o casamento entre pessoas do mesmo sexo e acho total absurdo e falta de respeito qualquer forma de preconceito com homossexuais. Só digo uma coisa: Toda forma de amar é válida!

Maconha: Já usei! Nada contra ao fumo. Nada contra as pessoas que usam. Não uso porque sou mãe. Tenho uma filha para educar e dar exemplo. Não quero que minha filha fume maconha. Mas não pelo fumo e sim por todo perigo envolvido. A situação de ir em uma boca, de passar por situações constrangedoras, de andar como um perigoso, porque que fumar é um absurdo. A não legalização da maconha incentiva mais a criminalidade e expõe mais as pessoas a violência. Mas ao meu ver, não é interessante para o governo a legalização, porque eles não teriam controle sobre os lucros, já que a moeda de troca é uma planta, que você pode plantar na sua casa. O interessante é ter drogas muito mais pesadas como o álcool e cigarro em circulação e com renda para o país do que uma planta, que é usada até no tratamento do câncer e da aids. Acho que fumar maconha não diz nada sobre você. Conheço universitários, músicos, poetas que usam e não interferem em nada de quem realmente são. Aos que não se comporta bem perante a sociedade e é usuário, digo que a culpa não é da maconha e sim de sua personalidade distorcida.

Aborto: Nunca fiz, mas se precisar farei. As pessoas falam tanto em preservativo, como hoje esse tipo de assunto é mais discutido, que tem que se cuidar, se prevenir.. Mas quem nunca esqueceu a camisinha? Ou quem nunca usou porque não estava afim mesmo, porque é mais gostoso sem, porque confia no parceiro? Então. Ai você engravida, por qualquer motivo que seja você não quer ter um filho. Vai ter? Par criar uma pessoa perturbada sem amor da mãe. Sem estrutura financeira, psicológica e familiar. Não. Você vai usar o seu direito individual e vai tirar. E hoje não tenho condições financeira, nem psicológica de ter outro filho, não uso camisinha com meu marido e tiraria. Ponto!

Mas também sabemos que por trás desses tabus, estar aquela droguinha que faz lavagem cerebral na gente: Religião. Ela não aceitam amor entre pessoas do mesmo sexo. Não aceitam perder dinheiro com uma planta (Sim, porque eles ganham mais no tráfico). Não aceitam a não submissão das mulheres. Somente a religião. Por isso escrevo minha opinião e friso, que para quem acredita nas coisas contrárias ditas aqui, procure se informar. Primeiro para ter uma opinião e segundo para não julgar.

A quem possa interessar: Indico a todos que assistam o programa na íntegra aqui.

11 comentários :

Lady Murphy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lady Murphy disse...

Adoro sua transparencia. Esse jeito de se expressar de quem não deve nada a ninguém, de quem é muito bem esclarecida consigo mesma e sabe o que quer e tem as próprias convicções. Acima de tudo, admiro em você e em qualquer pessoa, a ausencia total de preconceitos. Isso é ser humano.

Beijos, Linda.

Tô sempre por aqui.

Denise Portes disse...

Lara queridona,
Fiquei feliz de ver você voando como uma borboleta de asas coloridas,pois sempre foi assim que te senti.
Um beijo
Denise

Taiane Brito ;* disse...

Adoro quando você escreve assim sobre assuntos mais aleatórios, gosto de ver a sua opinião sobre as coisas, e gosto mais ainda de ver o quanto você é autentica.
Beijos Lara :*

Lília disse...

Você arrasou em suas opiniões, estou de acordo com quase tudo, com exceção da legalização que eu sou totalmente à favor, e não porque seja maconheira, mas porque acho que tem que regulamentar hoje, devido ao grande números de usuários que correm risco por aí...

Parabéns pela reflexão, não é todo mundo que tem coragem de dar a cara à tapa!

Thiane farias disse...

Adorei sua transparencia pena que nem todas as pessoas são assim bjs ;)

Bárbara Lira disse...

Assisto também esse programa A liga e ADORO. Foi muito interessante terça, questões bem polêmicas e eu sou contra todas elas, maconha, aborto, menos contra a união homoafetiva. Cda um fica com quem quer.

beeijos lara.

Marcinha disse...

Oi Larinha...
Obrigada por me acompanhar sempre...
Ando meio sumida da net, porém, sempre por aqui!!!!
Como sempre falo: ler vc requer que paremos e nos questionemos!!!!
Adoro esse seu jeito sincero de ver o mundo!!!!

bjos minha cara com carinho de sempre

Gisele Lopes disse...

Ooooi

Também respeito a decisão, opção de cada pessoas, e que cada um é responsável por suas escolhas e pelo resultado delas.
bjo, bjo!

Sophia Pazos disse...

Demorei mas não podia deixar de colocar minha opinião.

União homoafetiva- hummmm, ok. Mas pq eles tem essa necessidade de casar???? Assim, não discrimo gay, não faço piadas, mas ainda fico sem graça de ver 2 garanhões se beijando de língua, é sim uma cena que choca, senhoras, crianças e a mim. Mas frequento boates gays, eles merecem respeito sim. Porém eles estão levantando tanto essa bandeira que irrita algumas pessoas, sabe aquela história do negro que tem preconceito com ele mesmo? Então, eu vejo por aí.

Aborto- Só em caso de estupro.
Para os outros casos tem preservativo, pílula, bom senso, responsabilidade...não estamos lidando com nenhuma criança, e sim adultos que já sabem muito bem as consequências de seus atos.

Maconha e drogas em geral- Totalmente contra, da maconha pra outras drogas é um pulo. Não suportaria ter que ver gente fumando nos parques em pleno domingo em família, pq é permitido.
Não não não!!! E se fuma, que fume pelo menos com personalidade, pq gosta, e não pq o grupinho, o poeta, o ator fuma.
Mas tb não sou hipócrita, da mesma forma que não gosto de maconha, não gosto de cigarro comum e nem de quem bebe até conseguir um cirrose.

ufa, bem, essa é minha opinião, não é certa nem errada, é meu ponto de vista, baseado na criação que tive e na minha personalidade. BjuBju Larinha

Társylla Gomes disse...

Adorei esse poste e acredite, sou a favor de tudo que escreveu, assino embaixo. Menos em relação ao aborto, mas isso são só detalhes, digo isso pq nunca passei por essa experiência ou precisei passar, vai saber né?!
Beeeeijos ;*

Google Analytics Alternative