sábado, 23 de julho de 2011

#FATO


Gostaria de dizer que lamento muito o que aconteceu com a cantora Amy Winehouse, pela ótima voz e por compor músicas bem escritas em soul, jazz e R&B, com um talento enorme e uma mulher que revolucionou o mundo da música com sua voz e estilo.. Não posso lamentar pela péssima profissional que ela era, não horando com os seus compromissos e desdenhando de fãs que pagavam caro para entrar em seus shows e deparar com cenas degradantes do não profissionalismo dela. Quem sou eu para julgar alguém, e acredito que a vida pessoal das pessoas não cabem a ninguém, mas Amy sempre teve problemas com álcool e drogas, a chegar ser desenganada pelos médicos se não mudasse seus hábitos. Tenho visto muitas coisas escritas por ai, para variar, já que parece que muitos artistas precisam morrer para serem consagrados, e todo mundo fala como se fosse uma fatalidade, o que de fato não é já que ela sabia que tudo que andava fazendo com o corpo dela levaria a isso. Aos meus olhos, ela praticamente se matou..
Então Babys, Plis! Vamos para de hipocrisia e se perguntar porque aconteceu isso, a resposta é muito fácil: Ela era alcoólatra, drogada, e pelo que dizem morreu de overdose, até os fãs já esperavam isso. Vi pessoas colocando nas redes sociais "Meus heróis morreram de overdose" Gente, acho válido todo o talento dela, mas quando falamos de HERÓIS, falamos de BONS exemplos e Amy, infelizmente não era. Não diminuindo a tristezas dos fãs, não desmerecendo a cantora que ela era, muito talentosa e acho que ela ainda renderia muito mais, mas também não podemos ignorar os fatos.. Deixo aqui o meu adeus a Amy Winehouse.

Ps¹: Valerie é minha música preferida dela, mas coloquei na versão Glee, porque é mais divertida! 

15 comentários :

Marie Raya disse...

Nunca fui uma fã alucinada pela amy, mas sempre admirei o talento dela. Uma voz única, claro. Acho que a morte dela foi consequência de suas próprias escolhas. A dependência quimica é um caminho muito difícil de sair. Não acho certo julgar ninguém assim como não acho certo as pessoas darem uma de fãs agora que ela morreu. Enfim, gostei do post, haha. Um beijo!

Bárbara Lira disse...

Concordo com você lara. Lamentamos o fato da voz que foi perdida, não da profissional.

é uma pena.

beijos

Júuh . disse...

Infelizmente com a vida que ela levava, já sabíamos que ia acabar nisso né? uma pena...o mundo perdeu uma das melhores cantoras! =/

Natália Santos disse...

Concordo plenamente contigo Lara!!Vc escreveu bem mesmo,falou a pura verdade.

Any Brasil disse...

ai que triste, eu fico arrasada como esses talentos são detonados pelas drogas
trendluxo.blogspot.com

- disse...

Eu gostava da Amy Winehouse, eu a achava irreverente, com personalidade própria, eu gostava dela embora não concordasse com sua escolha de vida. Para mim ela não era uma heroína, e concordo sobre o que disse que para serem considerados heróis, eles devem nos passar algo bom. Lamentei muito a morte dela.. mesmo acompanhando sua trajetória sempre torci, de verdade, pra que um dia ela deixasse as drogas e o alcool, e voltasse a ser, como era no começo da sua carreira. Acho hipocresia também essa historia de: Oh! Ela morreu, a diva do jazz.. morreu!, assim como aconteceu com Michael Jackson.. Acho não é hora para se revoltar com indignações, demonstrassemos isso enquanto ela era viva, ao menos. Ao final de tudo, é um perda, como disse voce mesma. :/

beijãão ;*

Usei Hoje! disse...

Tenho dó ... tão nova!




Beijos ...

Elaine
http://useihoje.blogspot.com

Bibia Bueno disse...

E, contudo, fiquei bem triste. Finais assim são lamentáveis desde os primeiros passos que levam até ele.

Close up! disse...

Concordo plenamente com você,Larinha!
Tem toda a razão!

Sixx disse...

Agora vai ser um ano falando sobre isso, igual a morte do Michael Jackson...
Suportaremos (ou não) todas as pessoas que nem sabiam quem era Amy se tornando os maiores fãs dela. ): #tenso
Amy sempre foi uma diva pra mim, poderia ter sido uma grande artista (melhor que Beyonce e Gaga!!!) mas... Ela preferiu morrer.


BJKS

Catarine Heiter disse...

Concordo contigo! Ela procurou e achou! Nao estamos falando de uma criança ou de uma pessoa com deficiencia intelectual. E ela era franca: assumia seus atos.
Eu nem curtia a musica dela, mas respeito pois via que era uma grande artista. Enfim.. como disse meu primo: antes ela do que eu!

www.mastigandoemsalvador.blogspot.com

Sophia Pazos disse...

Gostava da voz incrível e de seu estilo único, mas era total contra ao seu estilo de vida. Ela definhou aos poucos e morreu, qual a surpresa?????

Bju

Mine Silva disse...

Lara concordo com você em numero, gênero e grau. Ela cavou a propria cova. Beijos

Leka disse...

Cara ela tinha uma baita talento, mas infelizmente não soube aproveita-lo.
Cachaceira e drogada só podia dar nisso né!A mulher se acabou nos bagulhos...pra mim não foi surresa alguma isso tudo.
Agora vai ficar todo mundo "exaltando" a grande cantora que ela foi...blá, blá...que saco meu!
Concordo com vc que heróis dão bons exemplos.
bjs ,paz!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Atitude: substantivo feminino. disse...

Fico me perguntando onde estavam os amigos e a família durante todo este tempo, juro.
Porque a fama todo mundo quer.
Aguentar o fardo de um doente, ninguém quer.

Google Analytics Alternative