quarta-feira, 27 de abril de 2011

Os Excluídos Nada Anônimos Desse Mundo: Juliana Peralva - A Menina da Janela

Depois do meu casamento e de ter me mudado para minha nova casa, todos os dias pela manhã, ia a janela e lá em frente, no outro prédio, sempre havia uma menina na janela. Ela era estranha. Sempre ali, olhando para mim. Até um certo medo eu sentia. Com o tempo fui me informando e acabei sabendo quem ela era: Uma ex de Zé. E aparentemente ainda o amava. Durante muito tempo ouvir muita coisa dela e acabei não gostando dela.
Um certo dia, ela me adicionou no orkut e no msn. Achei estranho, mas não me importei. Começamos a conversar e percebi que invés de ela parecer uma neurótica que queria saber tudo sobre meu marido e sobre meu casamento, ela apenas queria conversar, trocar ideias, se identificar. Passamos meses conversando pelo msn. Conversávamos sobre tudo. Menos sobre meu casamento e marido, e ela não mostrava o mínimo interesse sobre isso. No dia do meu aniversário de 2009, ela mandou felicidades e acenou da janela. Conversamos por msn por quase 1 ano e eu ainda ouvia horrores sobre ela. Só que não entendia como uma menina como ela seria aquilo tudo. Nos aproximamos e eu descobrir que na verdade a menina da janela era uma menina cheia de sonhos. Que caiu muitas vezes na vida e que levantava com um sorriso no rosto. Sempre independente, para as pessoas isso parecia prepotência. Na verdade atrás do sorriso só existia carência. Solidão. Vazio. Ninguém sabia quem era ela. Nem eu. Mesmo nos aproximando, ela ainda não se abria e não me importava, porque eu também não me abria. E ai nasceu meu blog e em uma de nossas conversas disse que adorava escrever e agora tinha um blog. Minha surpresa foi ela dizer que também tinha um e foi ai que eu abria a caixa. Ela era um pouco de cada excluído que vermos por ai, e igual a nos também tinha seu refúgio. O dela se chama identidade, porque ela sempre esteve em busca de uma. Mesmo se mostrando independente, forte e feliz. Não era exatamente isso que eu lia. E fui descobrindo suas mágoas, suas perdas, suas dores, suas quedas, seus fracassos, seus sonhos.. E descobrir a grande pessoas que ela se tornou/É. Hoje somos grandes amigas e aprendemos muito uma com a outra. Ela só foi uma ex de Zé, e as pessoas ainda pegavam no pé dela, isso só fez nos aproximar e deixar bem claro que isso não incomodou em nada na nossa relação. Essa chata que acredita em príncipe, que ainda vai encontrar o seu e por ser filha única, vai ter no mínimo 3 filhos. Ela ainda continua a menina da janela, só que invés de só olhar para mim, ela enche o saco me assoviando para combinar coisas. Gosto muito de você amiga. Você é aquela que estar nos dedos.


P.s: O blog dela é trancado..

14 comentários :

Sophia Pazos disse...

Lara,
só vc pra fazer amizade com a ex de seu marido...acho digno, acho superior...eu não conseguiria. Te admiro cada vez mais...bju

★★ GIZA ★★ disse...

ATE QUEM FIM VOCÊ ME ACHOU AMIGA!!!
QUE SAUDADES DE VOCÊ EU TAVA...
BEIJOS

paula disse...

Oi!
Fiquei até curiosa para ler o blog dela... que pena que é trancado... =(
Acho normal e legal vc ser amiga dela e não ter encanado com isso de ela ter sido uma ex do seu marido. Quem não teve passado? Quem nunca errou na vida?

Sabe acho que se todo mundo parasse de ser hipócrita com essa história de passado, a vida seria beeem mais fácil. Porque nós mulheres sempre queremos que nossos maridos/namorados/rolos nos aceite como somos, nos respeite com nossos amigos, mesmo aqueles com quem tivemos "casinhos" e tal. Mas nunca queremos nem que eles tenham colegas de trabalho... Odeio e não respeito mulheres assim. Se queremos dignidade, temos que respeitar os direitos iguais né? E confiar no "nosso taco", que é o que vc fez. Devagar reconquistou o Zé e esta aí feliz e contente com sua famíla!

Beijo amiga dançarina!!!
=)

Marcos de Sousa disse...

Pena que o blog é trancado, porque eu gostei bastante da forma que ela escreve.

Beijos

sarah disse...

Guria bonita.

Aquela foto foi eu que tirei.
bjs amore!

Denise Portes disse...

Lara,
Hoje o Brown resolveu falar sobre você no meu coração, daí eu vim aqui te ler e fiquei pensando, que pessoa bacana é você. Adorei a história da garota da janela. Seu anjo da guarda é poderoso e acho que é amigo do meu, pois toda vez que você elogia o Brown eu abro um sorriso de um lado e ela do outro. Que encontro bom de almas.
Um beijo queridona.
Denise

Denise Portes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Denise Portes disse...

Lara,
Voltei pra afirmar que é mesmo encontro de almas, enquanto eu comentava por aqui, você comentava no Delírio. Tudo junto, na mesma sintonia rsrs. Vamo que vamo, junto misturado.
Beijos
Denise

Leka disse...

Eita...que história heim!
Valeu pela presença lá no meu cafofo!
bjs e paz!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

ARCA do CONHECIMENTO.COM disse...

Isso é raro... e digno. Parabéns pela postura. Beijos. Maria José

Elih † disse...

Ahhhhhhhhhhh por que o blog dela é trancado, eu fui 100% curiosa!!!
É uma forma diferente de conhecer uma pessoa, e putz Lara, você foi realmente corajosa em passar por cima dos boatos e descobrir sozinha quem era a menina da janela, e até onde percebo, foi uma descoberta adorável!
Que bom que você notou meu crescimento amor, pois foi a duras penas que eu o consegui :)

Te adoro

Mil beijos

dorinha!!!!!! " A escritora." disse...

oi lara!!!!! adorei seu jeito de postar, e parabéns por levar a vida assim.......
nem todas tem essa qualidade!
bjs!

Lília disse...

Muito legal a sua história, fantástica a sua posição de ir além do que parece ser e das convenções que nos dizem que não devemos ser amigas das exs dos nossos amados...

Parabéns!! Bacana mesmo!

Melanie Brown disse...

Super interessante!! Ja aconteceu comigo, e hj sou feliz por ser amiga de "uma ex" do meu atual! Fiz como voce, e nao me privei a aceitar os convites dela, sendo amiga de uma pessoa maravilhosa que assim como eu, so que ser feliz!!!!!!!!!!!!!

Google Analytics Alternative