quarta-feira, 20 de abril de 2016

Cartas para alguém: Fechando a porta

"Eu estou em uma fase tão louca da minha vida, que eu já estou cogitando a possibilidade de excluir minhas redes sociais. Eu não sei o que estou acontecendo, mas ‘Oblivion’ começou com um “tranco”, a última porrada, o nocaute final... Um mês depois, a ficha caiu, acabou, de vez, de verdade. Não existe mais nós, não tem mais as mensagens de “bom dia”, não tem mais as traduções de inglês, não tem mais a piada escrota que me faz gargalhar, não tem o sorriso da foto postada, não tem mais as perguntas sobre os gifs, as indiretas musicais, a barba entre as pernas, o ciúme, a possessão disfarçada em cuidado, a cara de bichinho, as nossa coisas, aquelas que só nós sabemos, de como o amor aconteceu e acabou, dá última desculpa, dá última verdade, do silêncio.. Que foi a única coisa que ficou, os últimos detalhes, a conversa apagada, o número excluído, fechando a porta."

3 comentários :

Dhal Pinheiros disse...



Somente o fim.
A gente sempre se pergunta porque ...

Beijos Lara!

Felipe Brito disse...

As vezes somos somente peças que o destino move na vida de alguém, mas tudo tem um propósito. Se foi fim, é porque não era pra ser seu. É aquilo: "porra destino e ai?!"

Leyanne Luz disse...

As idas e vindas desse mundo cruel na qual estamos imersos! Somos os seres mais propícios a perdas, mas ela pode ter o seu lado positivo também (se não tiver pensado sobre, pense se há algo positivo nisso tudo).
Cair e levantar tem sido de fato a lei a ser seguida! Avante.

beijos Lara! :*

Google Analytics Alternative