terça-feira, 21 de abril de 2015

Diário de uma Gorda: O Retorno


Genteee, tô aqui rindo litros, porque estava vendo minha coluna "Diário de uma gorda" e me peguei pensando: "Mas ué, eu nem era gorda naquela época, porque tinha essa coluna?", e assim, como sou uma pessoa que trabalho com imagens, segue como eu era em 2012: 


Gente, some um meme do melhore ai pra mim: 


Eu estava acima do peso? Sim estava, mas não era gorda, gorda sou eu hoje: 


Tô aqui, 90kg e vivendo com isso, eu gosto de comer, gosto mesmo, no processo da minha separação, cheguei a emagrecer 14kg em 2 meses, fiquei tão fudida com tudo que estava acontecendo, que não sentia fome, e quando sentia comia escondido.. 

PAUSA PARA UMA HISTORIA TRISTE 

Assim, hoje em dia nem acho mais tão triste assim e não sinto mais tanto, mas na época fiquei devastada, no meado de Maio de 2013, Zé mudou comigo, né? Foi o inicio da separação, convivendo com o cara a 6 anos você sabe o que ele tem, se tá diferente, se algo acontece, chamei ele pra conversar e ele disse que deixou de me amar porque eu era gorda, vou falar de novo porque vocês não podem ter entendido, mas o Zé, meu ex marido que todo mundo conhece aqui nesse blog, disse que não me amava mais porque eu era gorda, gente, sério mesmo, vou escrever em caixa alta pra vocês entenderem: ZÉ DISSE QUE NÃO ME AMAVA MAIS PORQUE EU ERA GORDA. Gente, sabemos da verdade, ele já estava com outra pessoa bem antes disso, mas ele precisava se justificar, ele precisava culpar algo, e tocou em algo que sabia que ia acabar comigo, primeira lição que aprendi nessa historia toda que me fez quem eu sou hoje: 

1° Quando alguém quer algo, ela faz, não mede esforços, não se preocupa com o outro, não se importa com quem vai machucar, e se vai colocar a mulher que foi leal 7 anos a você, enxotada-la de casa, não importa, os seres humanos são egoístas e pensam primeiro em si, e faz o que é bom pra si. #ficadica 

Aquilo caiu como uma bomba pra mim, desesperada pra salvar meu casamento, parei de comer, gente, lembrando que eu nem era essa gorda de hoje, é aquela de 2012 ai acima, lembro que meus treinandos me davam vários chocolates, e eu comia no banheiro, de madrugada, sozinha, desesperada pra ele não perceber que eu estava comento, uma merda isso tudo, meu casamento acabou igual. 

FIM DA PAUSA 

Depois de cair a ficha, e perceber que existia vida após minha separação, voltei a comer, eu gosto, amo sair pra comer com ozamigo, e voltei a engordar, esse ano comecei com o discurso de que ia me cuidar por causa da minha saúde, fiz um check up, não deu nada, tudo lindo, e eu: "Me cuidar pra quê, né? Se boca foi feita pra comer??" Só que está rolando uma parada muito louca, a vida é tão escrota que fez assim: "Ela não quer emagrecer, quer comer essas porcarias, não deu nada de ruim no corpo, perai nigrinha, vai parar de comer sim.." GENTE, ESTOU ENJOANDO DAS COISAS!!! Meu corpo esta rejeitando qualquer porcaria que não seja saudável - Tem porcaria saudável? -, como um cachorro quente, passo mal, como um MC fico com vontade de vomitar, tô tendo que mudar minha alimentação porque meu corpo não tá aceitando salsinhas, carnes de hambúrgueres, batatas fritas, sorveteeeeees!!!! Então estou aqui, chorando lágrimas de sangue, fazendo educação alimentar de novo pra cuidar da minha saúde, quero deixar registrado que é contra a minha vontade, mas que aconteça o que for melhor pra mim.. Tá isso não é o melhor, vida, dá pra eu nascer de novo???

4 comentários :

Bruno Sofrozine disse...

Já que você trabalha com ibagens, faltou uma da atualidade pra gente ver essa "gordura" toda que você DIZ ter.

Bruno Sofrozine disse...

hahahaha

Natalie disse...

é legal ver a forma como você lida com isso hoje -sobre o motivo, segundo o Zé, do seu término-. E de verdade, tudo que a gente passa sempre nos trás uma lição; seja a experiência triste ou feliz. E olha, eu espero que meu dia de enjoar das porcarias demore muito de chegar, pq amo comer besteira! D:

Michele Pupo disse...

Lara

Nasci gordinha e sigo assim. É genético. Já fiz reeducação alimentar, perdi 20 quilos, para reencontrá-los dois anos depois. É uma luta constante entre corpo e mente. Quando engravidei, em outubro de 2014, estava em um projeto sério, tinha eliminado 16 quilos, estava praticando esportes e comendo direitinho. Com a gestação, estou 11 quilos mais pesada e me sentindo enormeeeee... Mas, assim como você, gosto de comer. É dureza.
O que não podemos é deixar que os outros nos magoem por conta disso. Você não parece estar com o peso que diz estar. E se o teu ex te deixou por causa disso, dê graças a Deus. Você merece coisa melhor.

Google Analytics Alternative