terça-feira, 13 de novembro de 2012

Cartas para alguém: "Você não soube me amar" (Parte 1)


"Passei ás últimas 24 horas ensaiando essa carta para você. Escrevi vários rabisco, tive muitas conclusões, me perdi e achei, e a verdade é que mesmo tendo muita coisa para falar, não quero dize-las. É como se cada palavra ou tempo gasto com você não valesse a pena, não me levasse a lugar algum, a nada, é como se eu não te amasse mais.. Claro, eu sei a verdade, eu te amo, tenho certeza disso, me conheço, sei quem eu sou, sei quando eu amo alguém, principalmente quando eu percebo que durante todos esses anos aconteceram tantas coisas, e eu sobrevivi a tudo, que sim, eu acredito que te amo, e agora sinto que passei tanto MAIS TANTO tempo te amando, que esqueci de mim, de me amar, de andar com minha próprias pernas, como se eu fosse uma atriz segundaria e você fosse o coadjuvante da minha vida, e começo a me perguntar, diante de tantas conclusões: Isso é amor? Mais para amar alguém nos não precisamos nos amar primeiro? Que tipo de amor é esse que amamos tanto TANTO alguém antes de nos mesmo? Acho que comecei a deixar de me amar quando te perdoei pela primeira vez, eu poderia ter acabado tudo ali, poderia ser uma pessoa diferente, talvez mais feliz, ou infeliz, mas sem essa dor que me deixa em pedaços a cada vez que você cai, e todas as vezes eu sempre quis sair pela porta e não voltar nunca mais, e é como se algo fizesse eu travar, parar, não dizer tudo que eu quero, não deixa eu arrumar minhas coisas e te deixar definitivamente para trás.. É como se eu fosse fraca diante de você, ou de tudo que supostamente construímos, como se algo me puxasse para você, me sinto burra, idiota, usada, magoada.. E continuo do seu lado, com uma lealdade que até eu mesmo não acreditaria que teria por alguém, principalmente alguém que não a merece, e a única coisa que eu queria era a troca, era o "doar e receber amor", quero o que eu realmente mereço, porque isso é o minimo que você tem que me dá, depois de tudo, depois de todos esses anos, por tudo que passamos, o que eu mereço é LEALDADE, AMOR, e todo o resto é lucro, é multiplicação, não sorrisos falsos, status, anéis nos dedos ou bens materiais, quero a minha paz, minha dignidade, nosso amor.. O bom, que diferente de todas as outras vezes, eu não me culpo, eu não carrego nas costa nenhuma culpa pelas suas atitudes, dessa vez eu sei que você é exatamente o que é, você É essa pessoa tendenciosa a destruir sonhos e somos quem somos."

4 comentários :

Winny Trindade disse...

Lara, recebeu minhas mensagens?
Fiquei esperando sua ligação, está tudo bem?
Dê sinal de vida.

Luαne Cunhα disse...

Medo... está bem ?

G.K.B disse...

LARAAAA!

O QUE HOUVE?

Taiane Brito ;* disse...

tão pesado isso, infelizmente estar em um relacionamento tem essas partes, infelizmente. Mas tu é forte Lara, acredite nisso.
Beijos s2

Google Analytics Alternative