sábado, 23 de outubro de 2010

Assim, Assim..


21:06, sábado..Qualquer um normal neste momento tá se divertindo, eu por opção estou em casa assistindo algumas séries e blogando..Eu estou triste e é um saco dizer isso por aqui, por que por mas que seja meu espaço, eu faça o que eu quiser, fica chato..Eu particularmente tenho achado meu blog uma merda, eu sou melhor que isso, qual é?! Sempre fui, trabalhei a vida toda com humor, quando nada vai bem, ria de você mesma, uma regra básica que de uns tempos para cá não tenho colocado em prática..Essa fase vai passar, por que eu estou me permitindo que coisas melhores aconteça na minha vida, eu tô me permitindo esquecer tudo de ruim que aconteceu a 1 ano, sim, exatamente a 1 ano atrás minha vida começou a desandar, eu era feliz pacas e simplesmente descobrir tudo sobre Zé Mayer..Fiquei triste em lembra, não, mesmo que alguns não acredite eu não tenho amor por Zé, não estamos juntos, apesar de morarmos, somos amigos e Penélope precisa disso..Na verdade Penélope é a razão de as perdas não serem difíceis, sobrevivo por ela, vivo por ela, acho que se ela não existisse não estaria mas aqui, não seria forte o suficiente para aguentar..A 1 ano atrás eu perdia mas um braço, como doí perde alguém que você jurou lealdade a vida inteira, sim, queria ficar com Zé Mayer para sempre, mesmo sem amor, como minha mãe sempre dizia: "Para que o amor? Qual é a real necessidade de ser amado ou amar alguém? Ele te faz feliz..Então deixa acontecer!" Ela sempre teve razão, eu fui em busca de amor e quebrei a cara não fui nem um pouco feliz, só sofri, que jeito estranho de amar, né? Cansei disso, de amar, de doar, de doer..Deixa eu sobreviver do meu jeito, deixa eles me imaginarem, deixa eu sorrir quando eu tiver afim..Há e por aqui..Segue como minha vida anda..Assim, nem triste, nem feliz, só assim, assim..

4 comentários :

Marcela Azevedo disse...

Pôxa Larinha, nessas horas que fico triste de morar tão longe de vc. Podia bem bater agora na tua porta e a gente podia rir um pouco, ou chorar, sei lá falar dos outros, comentar das feiosas das novelas...passar o tempo, viver.
Eu fiquei um tempo assim q nem vc e foi muito chato viu.
Só posso te dizer de cadeira, que pode demorar, mas passa, e quando os dias alegres vierem, vão durar muito mais que esses aí, vc ainda vai rir de tudo isso.

Bjinhos =^.^=

Luna Sanchez disse...

Mas o Zé Mayer é aquele?

Beeeeeijo!

ℓυηα

Sophia Pazos disse...

Oi amiga!!!
Vc não é a única que ficou em casa no Sábado!!!! hehe
Tb já passei por uma fase assim na vida...durou bastante tempo tb. É uma sensação estranha de que a vida tá uma droga, vc não vê futuro, sabe????
Motivos reais não tinha naum, estava tudo normal como sempre, acordava, fazia oq tinha que fazer, e no final do dia ia dormir...é horrível essa impressão que a vida ta passando e vc tá na mesma...mas isso vai passar quando vc encontrar um novo alguém e se permitir apaixonar, descobrir algo que gosta de fazer e tem talento( fora esse blog seu, que é pura arte), voltar a dançar ( quem sabe???), conhecer mais e mais pessoas que te adoram pelo que vc é, ganhar na loteria e se vingar de todos que te fizeram sofrer...kkkkkkk...ou simplesmente não fazer nada disso porém descobrir e assimilar a frase : EU SOU MAIS EU, A VIDA É UMA SÓ E EU NÃO QUERO SER COADJUVANTE...QUERO BRILHAR PQ VIM AO MUNDO A PASSEIO!!!!

Andressa Keka disse...

amiiiiga =/
sabe quero te dizer que há males que vem pro bem, que se alguma coisa nos foi tirada, é porque no futuro ela iam nos fazer mal.
pensa nisso!
eu amo você ♥

Google Analytics Alternative